Livros e Autores

Abelhas Cinzentas

Andrei Kurkov

A aldeia das almas desaparecidas

Richard Zimler

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Bom português

puder ou poder?

ver mais

trás ou traz?

ver mais

impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Cultismo

O Barroco caracterizou-se, na produção literária, pelo excessivo culto da forma e do conceito. A designação de Gongorismo para classificar este movimento em Espanha é, pois, incompleta, porquanto Gôngora foi essencialmente cultista e, paralelamente, Quevedo foi marcadamente conceptista.
No cultismo, é evidente o jogo de palavras, o jogo de imagens, o jogo de construções, processos que se praticam na poesia como na prosa até meados do século XVIII, quando surge o Neoclassicismo em 1756. Em Portugal, no século XVII, na prosa, temos mais Cultismo em Pe. Manuel Bernardes e mais Conceptismo em Vieira. Mas este, para desdobrar os seus argumentos justificativos do «conceito predicável», usa o paralelismo, as simetrias, os contrastes, faz jogos de palavras; isto é principalmente praticado no Sermão da Sexagésima, quando critica a oratória da época (dos Beneditinos, em especial). A exuberância técnica da tendência cultista encontra paralelo nas obras de talha das igrejas barrocas. Refira-se, como expoente notável desta arte, a Igreja de S. Francisco, no Porto.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Cultismo na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-11-27 19:03:15]. Disponível em
Livros e Autores

Abelhas Cinzentas

Andrei Kurkov

A aldeia das almas desaparecidas

Richard Zimler

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Bom português

puder ou poder?

ver mais

trás ou traz?

ver mais

impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais