Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Dalton Trevisan

Escritor e advogado brasileiro nascido a 14 de junho de 1925, em Curitiba. Licenciado em Direito, dedicou-se à escrita de contos, que publicava numa revista, intitulada Joaquim, dos anos quarenta. Fez também traduções de autores como Kafka e Proust para a mesma revista. A primeira publicação de uma obra sua aconteceu em 1959, com o título Novelas Nada Exemplares. Prefere escrever pouco mas com intensidade, daí que os seus contos sejam pequenos, mas reflitam aspetos profundos da, por vezes cruel, vida humana. O reconhecimento público das suas obras deu-se em 1968, ao vencer o Primeiro Concurso Nacional de Contos do Paraná. Em 1996, foi-lhe entregue o Prémio Ministério da Cultura pelo conjunto da sua obra.
Entre as suas obras estão Cemitério de Elefantes (1964), O Vampiro de Curitiba (1965), Guerra Conjugal (1969), Abismo de Rosas (1976), Crimes de Paixão (1978), Essas Malditas Mulheres (1982), A Polaquinha (1985, único romance do autor), Ah, é? (1994) e 234 (1997).
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Dalton Trevisan na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-05-22 12:29:40]. Disponível em

Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros