Livros e Autores

A aldeia das almas desaparecidas

Richard Zimler

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

< voltar
< 1 min

Daniel Cohn-Bendit

Ativista alemão, nascido em 1945, foi um marxista-anarquista e uma das principais figuras da Revolta de maio de 1968, tendo sido o líder dos estudantes ativistas que ocuparam os edifícios da universidade em Paris. Na sequência destes incidentes, foi expulso de França e regressou à Alemanha. Opunha-se a todas as formas de autoridade, defendia a ação espontânea das massas e do seu autogoverno.
Durante os anos 80, foi membro do Parlamento alemão, pertencendo ao Partido Verde.
Daniel Cohn-Bendit, ativista alemão
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Daniel Cohn-Bendit na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-10-07 17:14:54]. Disponível em

Livros e Autores

A aldeia das almas desaparecidas

Richard Zimler

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais