Academia Virtual - O Poder da Voz

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Danny Elfman

Compositor musical, Daniel Robert Elfman nasceu a 29 de maio de 1953, em Amarillo, no Texas. Filho de um professor e de uma escritora de livros infantis, cresceu em Los Angeles e só nos anos 70 descobriu o seu talento e vocação para a música. Nessa altura, juntamente com o seu irmão Richard (realizador de cinema), criou uma trupe musical em Paris.
Em 1980, estreou-se na composição musical para cinema e atuou para o primeiro filme do seu irmão intitulado Forbidden Zone, um bizarro musical de ficção científica, para o qual fundaram o grupo Mystic Knights of Oingo-Boingo. Adquirindo posteriormente o nome Oingo Boingo, o grupo manteve-se após o filme e tornou-se num caso de culto, tendo-se extinguido em 1995. Em 1984, lançou um álbum a solo intitulado So-Lo, com a participação de vários membros do grupo Oingo Boingo.
Mais tarde, criou amizade com o realizador Tim Burton, que já era fã do grupo Oingo Boingo e, em 1985, começou a parceria Elfman-Burton com Pee-wee's Big Adventure, que o deu a conhecer ao público internacional e que lhe abriu portas a novas oportunidades.
Elfman trabalhou igualmente em televisão, tendo composto várias músicas para séries e criado o famoso e conhecidíssimo tema principal da série de animação The Simpsons (Os Simpsons, 1989), pelo qual recebeu nomeação para o Emmy de Melhor Música.
A colaboração criativa e produtiva com Burton continuou com Beetle Juice (Os Fantasmas Divertem-se, 1988); Batman (1989), pelo qual foi nomeado para um Grammy; Edward Scissorhands (Eduardo Mãos de Tesoura, 1990); Batman Returns (Batman Regressa, 1992); Mars Attacks! (Marte Ataca!, 1996); Sleepy Hollow (A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça, 1999) e Big Fish (O Grande Peixe, 2003), que lhe valeu a nomeação para o Óscar de Melhor Banda Sonora Original e a nomeação para o Globo de Ouro.
Em 1993, compôs a música do filme de animação Nightmare Before Christmas (O Estranho Mundo de Jack) e emprestou a sua voz à personagem principal, Jack Skellington. Foi nomeado para o Globo de Ouro de Melhor Banda Sonora por esse filme.
É extensa a lista de filmes relevantes na sua carreira para além da referida parceria: Dick Tracy, de Warren Beatty, e Darkman (Vingança Sem Rosto), de Sam Raimi, ambos de 1990; Sommersby (O Regresso de Um Estranho, 1993), de Jon Amiel; To Die For (Disposta a Tudo, 1995), de Gus Van Sant, com quem voltaria a trabalhar em Good Will Hunting (O Bom Rebelde, 1997), que recebeu a sua primeira nomeação para o Óscar de Melhor Banda Sonora. Ainda nesse ano, voltaria a ser nomeado para a mesma categoria pelo filme Men in Black (Homens de Negro). Outros filmes em que o seu trabalho foi memorável: Mission: Impossible (Missão Impossível, 1996); A Simple Plan (O Plano, 1998); Spider-Man (Homem-Aranha, 2002) e Hulk (2003).
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Danny Elfman na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-10-03 11:36:18]. Disponível em
Artigos
ver+
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Danny Elfman na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-10-03 11:36:18]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais