Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

David Lopes

Ilustre arabista e professor, David Lopes nasceu em 1867, na Sertã, e morreu em 1942, em Lisboa.
Frequentou a Escola de Línguas Orientais, onde adquiriu conhecimentos científicos e metodologias de investigação ao nível da linguística e da historiografia. Depois de concluir o Curso Superior de Letras, começou a sua carreira de professor liceal, ensinando francês, e mais tarde passou para o ensino superior, lecionando primeiro literatura francesa e, numa fase posterior, o árabe.
Seduzido pela ação dos portugueses no norte de África e pela leitura de Alexandre Herculano (aliás, consagraria um importante estudo à presença dos árabes na obra deste escritor), David Lopes dedicou o seu trabalho de investigação científica à história dos muçulmanos e à língua árabe. Daí que nas suas obras a dimensão histórica e a dimensão filológica se apresentem sempre entrelaçadas.
Ao longo de uma carreira brilhante, David Lopes adquiriu vários títulos académicos, tornando-se sócio efetivo da Academia das Ciências de Lisboa, académico fundador da Academia Portuguesa de História e sócio estrangeiro da Academia Árabe de Damasco.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – David Lopes na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-10 22:16:18]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais