Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros
< voltar
< 1 min

Dibamídeos

Família dos répteis, da ordem dos sáurios, constituída por quatro espécies. Nesta família, as espécies são compostas por répteis fossadores, cegos, sem orelhas e essencialmente desprovidos de membros. Encontram-se distribuídos pelo Vietname, Filipinas, Nova Guiné e México. A cabeça é cónica e o corpo cilíndrico revestido de escamas lisas e muito pequenas. A cabeça está nitidamente diferenciada do pescoço. Geralmente de cor castanha apresentam uma larga faixa de cor creme em torno da nuca e outra mais larga na zona média do corpo.
A Reprodução é ovípara e a alimentação é insetívora.
A única defesa destes animais é fingir de morto.
São exemplos de Dibamídeos o lagarto-cego-de-micobare (Dibamus nicobaricus) e dibanco-da-nova-guiné (Dibanus novae guineae).
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Dibamídeos na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-14 20:17:40]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros