Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Dublin

Aspetos Geográficos
Dublin é a capital e a principal cidade irlandesa, albergando 952 700 habitantes (2004). O topónimo tem origem na sua antiga designação Baile Átha Cliath. Pertence à província de Leinster e situa-se na baía de Dublin. A baía corresponde a uma reentrância do mar da Irlanda. A cidade está situada numa planície que é percorrida pelo rio Liffey, próximo da sua foz.
O natural ou habitante de Dublin denomina-se dublinense.
Igreja de St. Audoen em Dublin
Trinity College em Dublin
Edifício do Governo em Dublin
Vista do Tribunal (Four Courts), na margem do rio Liffey em Dublin
Autocarro numa rua de Dublin
História e Monumentos
No século IX foi fundada, na foz do rio, uma colónia de Vikings. Estes foram expulsos pelo rei inglês Henrique II, a que posteriormente transformou a cidade numa dependência da cidade inglesa de Bristol. Este controlo durou até meados do século XVI, quando o irlandês Thomas Fitzgerald tomou a cidade na sequência de uma rebelião. No final da Idade Média o território irlandês dominado pelos Ingleses era já muito reduzido e limitado a The Pale (A Paliçada), em redor de Dublin. Outras rebeliões irlandesas se seguiram, até à revolução de 1919, que terminou com a proclamação do Estado livre da Irlanda.
Os seus principais monumentos situam-se no casco antigo da cidade. É de sublinhar o Castelo de Dublin, a partir do qual se avista o rio. Corresponde a uma fortaleza cuja construção terminou no século XVI; a Catedral de Christ Church é protestante, foi construída em 1038 e situa-se próximo do castelo; a catedral gótica de São Patrício, padroeiro da Irlanda, foi fundada no século XII.
Aspetos Turísticos e Curiosidades
A cidade possui dez pontes sobre o Liffey, sendo a de O'Connel a mais importante. Esta ponte une as principais artérias da cidade. Em geral, a cidade possui amplas avenidas e praças. A parte moderna da cidade cresceu em torno do Castelo de Dublin. A área sul apresenta ruas estreitas e sinuosas. As áreas residenciais estão localizadas a noroeste. Os bairros mais ricos são o Rathmines e o Rathgar, onde vivem muitas personalidades famosas.
Relativamente a centros culturais, podemos destacar o Museu Nacional, onde se reúnem numerosas coleções de antiguidades irlandesas, e a Galeria Nacional, que encerra coleções de escultura e pintura de grande valor.
A cidade de Dublin foi designada Capital Europeia da Cultura para o ano de 1991.
Economia
Dublin é o principal porto do país e centro de comércio, que exporta sobretudo gado, produtos agrícolas e de produção local. É também o centro industrial do país. As suas indústrias são variadas, destacando-se a de produção de cerveja, as destilarias, a de equipamentos elétricos, a de equipamentos eletrónicos, a do calçado, a do vidro, a de medicamentos, a alimentar, a de construção naval, a da fundição e a de automóvel.
A cidade possui duas universidade - a Trinity College e a University College -, várias bibliotecas (da Universidade, Biblioteca da Real Sociedade e a Naciona)l e o Teatro Abbey.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Dublin na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-04 14:01:53]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais