Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Eduardo Luiz

Artista plástico português, de seu nome completo Eduardo Luiz Teles Fernandes Gomes, nasceu em 1932, em Braga, e morreu em 1988.
Era filho de um escultor, e com ele começou a ter lições de desenho. Entre 1943 e 1946 frequentou a Escola de Artes Decorativas do Porto, e depois, até 1952, a Escola de Belas-Artes da mesma cidade, estudando pintura. Logo em 1953 ganhou o prémio Jovem Pintura da Galeria de março. Nestes primeiros anos de vida artística, dedicou-se também à dança, à música e à cenografia.
Como bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian, partiu para Paris em 1958. Fixar-se-ia em França definitivamente. Aí conquistou diversos prémios de prestígio. Teve também oportunidade de expor em diversos outros países, nomeadamente no Brasil, em Espanha, em Itália e na Bélgica.
"Femme Voilé" (estudo), óleo sobre tela de Eduardo Luiz
"Noir d'ivoire", óleo sobre tela de Eduardo Luiz
"A Dama de Ouros", óleo sobre tela de Eduardo Luiz, 1972
A sua obra encontra-se representada em numerosos museus e coleções públicas e particulares, entre os quais o Museu de Arte Erótica de San Francisco, o Museu de Arte Moderna de Paris, a Secretaria de Estado da Cultura e o Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian.
A Fundação encarregar-se-ia, aliás, em 1990, de organizar uma importante exposição da obra do artista, na qual ficaram patentes, em visão de conjunto, o seu apuro técnico, o seu perfeccionismo pictórico, a singular estilização linear que o identificam, e, sobretudo, as suas constantes tentativas de reinvenção do espaço e do volume na tela.
Em 1983, Eduardo Luiz foi condecorado com a Cruz de Santiago e Espada.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Eduardo Luiz na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-17 06:27:26]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais