Livros & Autores

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Eduardo Souto de Moura

Arquiteto português, Eduardo Elísio Machado Souto de Moura nasceu em 1952, no Porto. Formou-se pela Escola Superior de Belas Artes do Porto. Iniciou a sua carreira colaborando no atelier de Álvaro Siza Vieira mas em 1981, recém-formado, surpreendeu a comunidade dos arquitetos vencendo o concurso para o importante projeto do Centro Cultural da Secretaria de Estado da Cultura no Porto (1981-91) que o viria a lançar, dentro e fora de Portugal, como um dos mais importantes arquitetos da nova geração. O seu reconhecimento internacional viria a reforçar-se com a conquista do 1.º lugar no concurso para o projeto de um hotel na zona histórica de Salzburgo, Áustria (1987).
Souto de Moura desenvolve uma arquitetura de grande depuração formal, inspirada em Mies van der Rohe e noutros mestres do movimento moderno, com uma intensa valorização dos pormenores construtivos e das texturas dos materiais.
Para além de notáveis exemplos na área da habitação unifamiliar (habitações em Nevogilde-Porto, na Quinta do Lago-Algarve, Miramar), Souto de Moura tem vindo a desenvolver importantes projetos de encomenda institucional, tais como a conversão do Convento de Sta. Maria de Bouro em pousada, Braga (1989-97), conversão do edifício da Alfândega do Porto em museu, Porto (1990), Departamento de Geociências da Universidade de Aveiro (1990-94).
Moradia na Quinta do Lago, desenhada por Souto de Moura (1987-89)
Exerceu atividade docente na Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto entre 1981 e 1990, e foi convidado para lecionar nas escolas de arquitetura de Genebra, Paris-Belleville, Harvard, Dublin, Zurique e Lausanne.
Com uma obra em que quase todos os projetos são dignos de atenção, mereceu o prémio Secil de Arquitetura por duas vezes, uma em 1992 e outra em 2003, o Prémio Pessoa (1998), e foi duas vezes nomeado para o prémio Mies Van der Rohe.
De março a maio de 1999, realizou-se uma exposição sobre a sua obra no Museu da Basílica Palladiana, em Vicenza, Itália.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Eduardo Souto de Moura na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-06-27 22:06:31]. Disponível em

Livros & Autores

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais