Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Elixir da Juventude

O elixir da juventude, também conhecido como o elixir da longa vida, destinado a eliminar a velhice e a decrepitude, é um mito muito antigo. Os antigos magos acreditavam poder captar as energias vitais universais e concentrá-las num medicamento universal que manteria o corpo jovem e são, com o objetivo de prolongar a vida de alguns eleitos, contribuindo assim para a evolução da humanidade.

Os alquimistas acreditavam que o elixir da juventude se encontrava no Ouro Potável, cujas propriedades permitiriam a cura e a regeneração do organismo, prolongando a vida.
O elixir da longa vida tinha também o nome de "água dos filósofos". Na Bíblia, é referido como a "Água da Vida".
Os antigos sábios acreditavam que as forças e os fluidos regeneradores da natureza eram mais eficazes pela manhã e consideravam que a pérola do orvalho, tal como a seiva vegetal, tinha propriedades especiais. A natureza foi assim considerada o recetáculo de um valioso património que era obtido através das plantas colhidas em horas, dias e estações especiais, segundo processos rituais e místicos. Muitos sábios acreditavam que a água era o fluido mais complexo e paradoxal que existia e que era o elixir, por excelência, capaz de transportar em si as forças etéreas ou cósmicas.
O mito do elixir da juventude teve algumas variantes, como foi o caso da lenda da fonte da juventude que teve a sua origem na Ásia Oriental, que os Espanhóis pensavam situar-se nas Ilhas das Baamas, e que o explorador espanhol Ponce de Léon do século XVI procurou em Bimini. Ponce de Léon conseguiu do rei espanhol armas e homens para a empresa da procura da fonte da juventude, que nunca chegou a encontrar e que acabou por desgraçar todos os elementos da expedição.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Elixir da Juventude na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-14 02:07:50]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros