Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Elizabeth Berg

Escritora norte-americana, Elizabeth Berg nasceu a 2 de dezembro de 1948, em St. Paul, no estado do Minnesota. O pai, militar de carreira, era um homem autoritário, e o facto de se mudar constantemente com a família para os seus vários destacamentos, contribuiu grandemente para tornar difícil e complicado o seu relacionamento com a filha.
Sentindo muito cedo a vocação da escrita, submeteu um poema a publicação numa revista juvenil feminina com apenas nove anos de idade. Embora o poema tenha sido rejeitado, Elizabeth continuou a escrever, completando uma longa peça de teatro quando frequentava o ensino secundário.
Ingressou no curso de Estudos Ingleses da Universidade do Minnesota, mas interrompeu-o após o primeiro ano, entrando então no mundo profissional. Passou por trabalhos tão diversos como empregada de mesa, lavadora de galinhas num aviário, funcionária num balcão de informações e rececionista de hotel.
Decidiu então matricular-se numa escola de enfermagem, o St. Mary's College, de onde se diplomou, passando depois a ocupar o cargo de enfermeira numa unidade de cuidados intensivos. Aí permaneceu até 1985, altura em que lhe foi erradamente diagnosticada uma micose fúngica, e dados cerca de cinco anos de vida.
Foi forçada a abandonar o seu trabalho e, procurando enfrentar a ideia da morte, começou a escrever tão prolificamente quanto lhe era possível, publicando ensaios e contos em revistas.
Em 1993 publicou o seu primeiro romance, Durable Goods, obra em que apresentava a personagem Katie Nash, reflexão auto-biográfica da própria autora, e que inaugurava uma trilogia que continuaria com Joy School (1997) e True To Form (2002). Constituindo um sucesso de vendas imediato, o romance foi seguido de perto por vários outros como, por exemplo, Talk Before Sleep (1994), Range Of Motion (1995), The Pull Of The Moon (1996), Open House (2000) e Never Change (2001).
Em 1999 publicou um livro sobre a escrita, na tentativa de auxiliar potenciais escritores, Escaping Into The Open: The Art Of Writing True e, no ano de 2002, uma recolha de contos, com o título Ordinary Life: Stories.
De trama quase sempre previsível, as obras de Berg apresentam, no entanto, um perscrutar astuto das forças motrizes da vida das pessoas comuns, sobretudo das mulheres.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Elizabeth Berg na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-05-28 07:29:24]. Disponível em

Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais