Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

< voltar
< 1 min

Ernesto Leal

Ficcionista e autor dramático, nascido a 9 de setembro de 1913, no Funchal, Ilha da Madeira, oficial do exército reformado, traduziu Faulkner. Para David Mourão-Ferreira (Portugal, a Terra e o Homem, II v., 2.a série, Lisboa, 1980), "os contos de Ernesto Leal constituem, quase sempre, não só condensados e preciosos documentos de natureza etnográfica ou costumbrista, mas também conseguidos artefactos de ordem literária, em que as qualidades de observação e análise, de transposição e de síntese vão de par com a flagrância das atmosferas, a economia das descrições, a naturalidade dos diálogos. Mas não menos importante em tais contos é a carga de crítica social que deles se desprende sem que o autor tenha necessidade de diretamente intervir".
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Ernesto Leal na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-15 19:57:07]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais