Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Eslovénia

Geografia
País do Sudeste da Europa. Situado no Noroeste dos Balcãs, tem uma área de 20 253 km2. Faz fronteira com a Itália, a oeste, a Áustria, a norte, a Hungria, a nordeste, e a Croácia, a este e a sul; a sudoeste, possui uma estreita linha de costa (25 km) no mar Adriático (golfo de Veneza), entre Trieste, na Itália, e a Península de Ístria, na Croácia. As cidades mais importantes são Liubliana, a capital, com 258 700 habitantes (2004), Maribor (92 6 000 hab.), Celje (37 100 hab.), Kranj (35 100 hab.) e Novo Mesto (22 400 hab.). O território é predominantemente montanhoso.
Clima
Bandeira da Eslovénia
Paisagem da Eslovénia
Igreja de S. Jorge (1608) e Beneske Hisa, uma casa veneziana do século XV, Piran, Eslovénia
Traje tradicional da Eslovénia, Expo 98, Lisboa
Varanda típica da Eslovénia
O clima é de tipo mediterrâneo junto ao litoral, mas apresenta características de clima continental no interior planáltico e nos vales de oeste com invernos frios e verões quentes e com chuvas.
Economia
A Eslovénia é, historicamente, uma das regiões mais prósperas dos Balcãs, com uma economia baseada na indústria. Os produtos industriais são o aço, o alumínio, os materiais de construção, os detergentes, os tecidos, os produtos de couro e as bicicletas. Existem grandes reservas de carvão e alguns depósitos de petróleo e de gás natural. A agricultura não se encontra muito desenvolvida mas, mesmo assim, ainda são cultivados o milho, a batata, o trigo, a beterraba e os frutos. Os principais parceiros comerciais da Eslovénia são a Alemanha, a Itália, a Croácia e a França.
Indicador ambiental: o valor das emissões de dióxido de carbono, per capita (toneladas métricas, 1999), é de 7,3.
População
A população é de 2 010 347 habitantes (2006), o que corresponde a uma densidade populacional de 99,2 hab./km2. As taxas de natalidade e de mortalidade são respetivamente de 8,98%o e de 10,31%, o que corresponde a uma taxa de crescimento natural negativa (-0.05%). A esperança média de vida é de 76,33 anos. O valor do Índice do Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,821 e o valor do Índice de Desenvolvimento ajustado ao Género (IDG) é de 0,879 (2001). As etnias principais são a eslovena, com 91%, a croata, com 3%, a sérvia, com 2% e outras, com 4%. A religião com maior expressão é a católica. A língua oficial é o esloveno.
História
No século IX, a Eslovénia passou a integrar o Império Germânico e os Eslovenos foram reduzidos à servidão. A partir do século XIII, a suserania dos Habsburgos austríacos no território foi sendo gradualmente estabelecida. Entre os séculos XV e XVI, ocorreram algumas rebeliões entre os camponeses eslovenos. Mas, no século XVIII, a imperatriz Maria Teresa e o seu filho José II conseguiram travar as revoltas, decretando algumas reformas.
Depois de um curto período de domínio napoleónico, entre 1809 e 1814, a administração dos Habsburgos foi restabelecida na região. Em 1870, surgiram as esperanças da população no sentido da união política dos países eslavos do Sul (a Eslovénia, a Sérvia e a Croácia). Vinte anos mais tarde, começaram a surgir os primeiros partidos políticos. Em 1918, no final da Primeira Guerra Mundial, os líderes políticos da Eslovénia cooperaram na formação do Império Sérvio, Croata e Esloveno que, em 1929, passou a designar-se Jugoslávia. No início da Segunda Guerra Mundial, a Eslovénia foi ocupada e dividida pelas Potências do Eixo, a Alemanha, a Itália e o Japão. Mas a resistência começou a surgir, principalmente a comunista Frente de Libertação. Com a vitória dos Aliados, em 1945, a Eslovénia tornou-se uma república constituinte da Jugoslávia. Sob o domínio comunista, a Eslovénia gozou de uma razoável autonomia nos campos económico e cultural.
No final da década de 1980, os líderes comunistas eslovenos iniciaram a construção de um sistema multipartidário, colocando-se assim em vantagem em relação ao domínio do Partido Comunista da Sérvia jugoslava. Em abril de 1990, decorreram na Eslovénia as primeiras eleições multipartidárias dentro da Federação Jugoslava, desde a Segunda Guerra Mundial, que foram ganhas por uma coligação de centro-direita. Pouco tempo depois o novo Governo decidiu-se pelo direito à independência. A Eslovénia separou-se da federação, em junho de 1991, e, um ano depois, a independência foi reconhecida pela União Europeia. A partir desse momento, a economia e a sociedade do país começaram a seguir os padrões da Europa Ocidental.
A Eslovénia aderiu formalmente à União Europeia no dia 1 de maio de 2004, numa cerimónia realizada em Dublin, e a 1 de janeiro de 2007 tornou-se o 13.º país a aderir à moeda única.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Eslovénia na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-12 09:04:36]. Disponível em
Artigos
ver+

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais