Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Estêvão III (IV)

Papa siciliano, foi eleito em difíceis circunstâncias, após a cruel luta entre os partidários do primiceirus Cristóforo e do duque Toto de Nepi e a eleição e deposição de Constantino II. Foi sacerdote na igreja de Santa Cecília.
O seu papado ocorreu de 7 de agosto de 768 a 24 de janeiro de 772.
Foi, por este pontífice, convocado um sínodo no mês de abril de 769, em que Constantino II confessou o seu arrependimento e foi castigado com a penitência vitalícia e em que se recusou a iconoclastia e se estabeleceu que os candidatos à cadeira de São Pedro apenas poderiam ser cardeais presbíteros ou diáconos, sendo os eleitores exclusivamente clérigos. O número de cardeais aumentou para vinte e oito, abrangendo também diáconos e sacerdotes.
O poder franco em Roma sofreu um rude golpe quando o papa se quis subtrair à influência daqueles que tinham proposto a sua nomeação para poderem controlar a jurisdição papal, o já mencionado primicerius Cristóforo e o seu filho Sérgio, maquinando a sua morte com o rei lombardo, Desidério.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Estêvão III (IV) na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-19 13:18:09]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros