Academia Virtual - O Poder da Voz

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

exórdio (retórica)

Parte inicial do discurso retórico, formado pelos elementos de apresentação da causa ao recetor e pela vontade de conquistar a sua atenção. Pode ser de duas espécies, dependendo do grau de defensibilidade da causa: proémio, quando não é baixo, e insinuação, quando é baixo. No primeiro, procura-se conquistar a benevolência e a atenção do juiz para o discurso que se segue. No segundo, o orador exerce a sua influência sobre o destinatário por meio de dispositivos psicológicos com o objetivo de o colocar do lado da parte que defende: procura-se influenciar afetivamente o recetor utilizando a suposição, a surpresa e outros meios de atração de índole não racional com o fim de conseguir com que nos seja favorável. A insinuação emprega-se quando se quer fazer oposição à influência exercida pelo orador da parte oposta, se este falou antes, e quando a causa que se está a apoiar é difícil de defender.

Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – exórdio (retórica) na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-09-30 14:08:29]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais