Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Exortação aos Crocodilos

Romance de António Lobo Antunes publicado em 1999.
A história narra a vida de quatro mulheres que se cruzam com terroristas que atuavam, em Portugal, após a revolução do 25 de abril. Marcados pelo regime de Salazar, estes homens comprometem-se politicamente a torturar comunistas e a organizar e executar atentados.
É feita a análise psicológica da vida miserável das quatro mulheres, marcadas pela violência dos seus companheiros. As personagens femininas chamam-se Mimi, Celina, Fátima e Simone. Mimi não tem qualquer encanto e é surda, ouvindo apenas ruídos. Celina, casa-se muito nova com um homem velho e com cujo sócio, marido de Mimi, tem um caso amoroso. Fátima é amante e afilhada de um bispo conspirador. Simone é uma jovem gorda e com complexos, que procura alegrar a sua vida triste namorando com o motorista de Mimi.
A escrita de Lobo Antunes, com traços pós-modernos, é intencionalmente densa, não linear e desconcertante. O romance ganhou o Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores (1999), o Prémio D. Dinis da Fundação Casa de Mateus (1999) e o Prémio de Literatura Europeia do Estado Austríaco (2000).
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Exortação aos Crocodilos na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-05-25 21:01:59]. Disponível em

Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais