Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Fédor Dostoievski

Notável escritor russo, Dostoievski nasceu a 30 de outubro de 1821, em Moscovo, e passou a maior parte da sua existência em São Petersburgo, onde morreu em 1881.

Recebeu uma educação marcadamente religiosa, o que o levou naturalmente a interessar-se pelos mais humildes. A sua primeira novela, Pobre Gente, é muito apreciada pelos críticos da época, que veem nela o primeiro romance social russo. As novelas seguintes são recebidas com menos entusiasmo.
"Retrato de Fédor Dostoievski", Vasily Perov, 1872

Considera o socialismo como uma atualização da moral cristã, o que o leva a frequentar grupos de ideias radicais. Preso e deportado para a Sibéria, essa difícil experiência permite-lhe aprofundar as suas reflexões espirituais, cristalizadas na figura de Cristo, e nos seus companheiros de infortúnio descobre a grandeza da "alma russa".

Em 1860 encontra-se em São Petersburgo e, com o irmão Miguel, edita a revista O Tempo (e mais tarde A Época), onde proclama as suas ideias liberais, enraizadas, contudo, na defesa das tradições nacionais. Publica Humilhados e Ofendidos e Recordações da Casa dos Mortos, obras baseadas nas suas vivências como deportado. Uma viagem a Paris e a Londres termina com as suas ilusões sobre a sociedade ocidental, ao ser confrontado com o materialismo e com o individualismo mesquinho do mundo moderno.

Para Dostoievski, o racionalismo concebe o ser humano de uma forma demasiado redutora, enquanto a natureza emocional e inclinada aos excessos do escritor sonda na alma humana o mistério, a capacidade de se afundar nos maiores abismos e de alcançar as maiores plenitudes.

Em A Voz Subterrânea (1864), o primeiro dos seus romances "metafísicos", o autor cria o "anti-herói", um tipo de personagem muito explorado pela literatura do século XX. Crime e Castigo (1866), de inspiração cristã, aborda a problemática da culpa e da redenção. O Jogador (1867) é baseado na sua própria experiência. O Idiota (1868) revela uma personagem que simboliza um ideal humano de bondade e de fé. Seguem-se O Eterno Marido (1870), Os Possessos (1872) e O Adolescente (1875). A obra-prima Os Irmãos Karamazov (1880) opõe a natureza e a civilização e aborda os grandes problemas metafísicos: Deus, o bem e o mal, a liberdade humana.

Nos últimos anos da sua vida, preocupa-se em expor a sua visão da história, da religião, da arte, da política, em ensaios a que chamou Diário de um Escritor. Conseguiu finalmente reunir a unanimidade da aclamação dos seus contemporâneos. Na obra de Dostoievski, encontram-se presentes, dir-se-ia profeticamente, os problemas que vão ocupar a literatura e a filosofia de todo o século XX.


Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Fédor Dostoievski na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-05-17 18:53:18]. Disponível em

Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros