Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Fernão Cardim

Escritor jesuíta português nascido por volta de 1549, em Viana do Alentejo, e falecido em 1625, nos arredores de Salvador da Baía, no Brasil. Os seus escritos são um testemunho da vida das missões e das condições naturais existentes no Brasil, na segunda metade do século XVI.
Fernão Cardim entrou para a Companhia de Jesus, em 1566, e foi para o Brasil como secretário do padre visitador da Companhia de Jesus, em 1583. Viajou pelas regiões da Baía, Pernambuco, Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo. Foi durante esta época que escreveu as cartas e três livros: "Do Principio e Origem dos Índios do Brasil", "Narrativa Epistolar de uma Viagem e Missão Jesuítica pela Baía, Ilhéus, Porto Seguro, Pernambuco, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Vicente, etc." e "Do Clima e Terra do Brasil". Os dois primeiros escritos foram publicados pela primeira vez em inglês, já que na viagem de regresso a Portugal, o barco em que viajava foi atacado por corsários ingleses. Os manuscritos foram apreendidos e em Inglaterra são editados por Samuel Purchas, em 1623. A autoria dos dois manuscritos só é reposta no século XIX e o terceiro manuscrito é publicado em Lisboa, em 1847. Contudo, a obra só foi publicada pela primeira vez no seu todo, em pleno século XX com o título "Tratados da Terra e da Gente do Brasil".
Em 1609 regressa definitivamente ao Brasil como provincial da Companhia.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Fernão Cardim na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-14 18:57:21]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais