Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Figueiró dos Vinhos

Aspetos Geográficos
O concelho de Figueiró dos Vinhos, do distrito de Leiria, localiza-se na Região Centro (NUT II) e no Pinhal Interior Norte (NUT III). Situado entre as Serras da Lousã e dos Alvelos e as barragens do Cabril e da Bouçã, é limitado a norte pela Lousã e Miranda do Corvo (distrito de Coimbra), a sul por Ferreira do Zêzere(distrito de Santarém), a este por Pedrógão, Castanheira de Pera e Sertã (distrito de Castelo Branco), e a oeste por Ansião, Penela e Alvaiázere.
No total abrange uma área de 173,6 km2 e é constituído por 5 freguesias: Aguda, Arega, Campelo, Figueiró dos Vinhos e Bairradas.
Antigas ferrarias, junto à ribeira de Alge
Brasão do concelho de Figueiró dos Vinhos
Em 2005, o concelho apresentava 7141 habitantes.
O natural ou habitante de Figueiró dos Vinhos denomina-se figueiroense.
História e Monumentos
Em 1174 D. Pedro Afonso, filho natural de D. Afonso Henriques, concedeu o primeiro foral a Figueiró dos Vinhos, sendo este sucessivamente renovado, primeiro por D. Sancho I, depois por D. Afonso II e mais tarde por D. Manuel, em 1514. A nível de monumentos destacam-se: a Torre da Cadeia Comarcã (1506) - mandada construir pelos homens bons do Concelho para fazer face às pretensões senhoriais -, a Torre de Pedaria, a Casa-Museu José Malhoa, o Convento das Carmelitas e a Igreja do Convento das Carmelitas, a Igreja Matriz de S. João Batista, e muitas outras capelas de cariz rural. Outros locais de interesse são os miradouros de Cabeço do Peão e das Fragas de S. Simão.
Tradições, Lendas e Curiosidades
Todos os anos se realizam várias festas e feiras, destacando-se: na freguesia de Campelo, as festas de Nossa Senhora da Graça no primeiro domingo de agosto; de Nossa Senhora da Saúde no terceiro domingo de julho; de Nossa Senhora do Pranto no domingo de Pascoela; do Divino Espírito Santo no segundo domingo de agosto; de Nossa Senhora de Fátima no terceiro domingo de maio; de Nossa Senhora da Boa Viagem no terceiro domingo de agosto e de S. Tiago no dia 25 de agosto. Na Aguda, salientam-se as festas de Nossa Senhora da Graça a 15 de agosto; a festa de Nossa Senhora do Amparo em julho; a feira de S. Simão em setembro/outubro e a Feira da Nozes a 28 de outubro; em Figueiró dos Vinhos, têm lugar as festas de S. João a 24 de junho; de S. Pantaleão a 26 a 28 de julho; de Nossa Senhora de Penha França no segundo domingo de agosto; de Santa Luzia no primeiro domingo de agosto e de Carnaval; o mercado tem lugar às quartas-feiras e sábados. Na freguesia de Bairradas, têm lugar as festas de Nª Sra. do Livramento no domingo a seguir ao dia 15 de agosto; de Santo António no domingo a seguir ao dia 13; e de Nossa Senhora de Fátima no domingo a seguir ao 13 de maio. Em Arega, destaca-se a festa de Nª Sra. da Conceição no segundo domingo de agosto.
O feriado municipal coincide com o dia de S. João, a 24 de junho.
A nível de artesanato sobressaem os trabalhos de tecelagem, cestaria em vime, artes decorativas, madeira, cerâmica, latoaria, tanoaria, tapeçaria (mantas de retalho e de trapos), olaria e doçaria regional.
Economia
O principal setor de atividade é o terciário relacionado com o pequeno comércio.
O setor secundário está relacionado com a indústria florestal, indústria de madeiras, de confeções, de recauchutagem, de construção civil, metalúrgica e oficinas auto. O setor primário está relacionado com a agricultura, silvicultura e apicultura.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Figueiró dos Vinhos na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-01 23:22:34]. Disponível em
Artigos
ver+

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais