Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Filipinas

Geografia
País formado por um arquipélago com 7100 ilhas, no Oeste do oceano Pacífico. As ilhas estendem-se desde as proximidades da ilha de Taiwan, a norte, até à ilha de Bornéu, a sudoeste, sendo banhadas pelo mar da China Meridional, a noroeste, pelo mar das Celebes, a sul, e pelo mar das Filipinas, a leste. As ilhas das Filipinas abrangem uma área total de 300 000 km2. As duas principais ilhas são Lução, a norte, com 104 688 km2, e Mindanau, a sul, com 94 630 km2. As principais cidades são Manila, a capital, com uma população de 10 330 100 habitantes (2004) e uma área metropolitana de 14 083 300, Davao (951 000 hab.), Cebu (776 600 hab.) e Zamboanga (163 700 hab.).
Existem mais de 30 vulcões em atividade e alguns têm tido erupções muito violentas nos últimos anos. Os terramotos também são comuns. Ao largo da costa leste das Filipinas, próximo da ilha de Mindanau, o movimento da crusta terrestre criou uma das fossas submarinas mais profundas, que desce até aos 11 520 metros (Fossa do Mindanau).
Praia de Boracay, Filipinas
Bandeira das Filipinas
Crianças filipinas
Clima
O clima é tropical de monção, com variações de temperatura que ficam a dever-se à altitude. Entre junho e dezembro, há o risco dos tufões, em que os ventos podem atingir os 300 km/h. De facto, nas planícies o clima é quente e húmido mas nas montanhas as temperaturas são consideravelmente mais baixas.
Economia
A economia das Filipinas baseia-se na agricultura, nas indústrias transformadoras e nos serviços. Mesmo com uma irrigação insuficiente, mais de 1/4 da terra é arável graças à intervenção do Governo e da comunidade internacional. As culturas mais importantes são o arroz, o coco, o milho, a cana-de-açúcar, a banana, o ananás, a manga, a mandioca, o tabaco e o café. O país é rico em recursos minerais, especialmente em ouro, prata, ferro, cobre, chumbo, cromite, níquel e manganésio. A indústria manufatureira engloba os produtos eletrónicos, alimentares, petrolíferos e químicos, bem como o vestuário, o calçado e os periféricos de computadores. Os principais parceiros comerciais das Filipinas são os Estados Unidos da América, o Japão, Singapura e a Holanda.
Indicador ambiental: o valor das emissões de dióxido de carbono, per capita (toneladas métricas, 1999), é de 1,0.
População
Com uma população de 89 468 677 habitantes (2006), as Filipinas, registam uma densidade populacional de aproximadamente 292,86 hab./km2. As taxas de natalidade e de mortalidade são, respetivamente, de 24,89%o e 5,41%o. A esperança média de vida é de 70,21 anos. O valor do Índice do Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,751 e o valor do Índice de Desenvolvimento ajustado ao Género (IDG) é de 0,748 (2001). Estima-se que, em 2025, a população seja de 121 982 000 habitantes. Das 7100 ilhas das Filipinas, apenas 400 são habitadas. Existem vários grupos étnicos, mas os maiores são o Tagalog (29%), o Cebuano (23%), o Ilokano (9%) e o Hiligaynon (9%). As religiões com maior expressão são a católica, com 83%, seguida da protestante (9%), da muçulmana (5%), budista e outras (3%). As línguas oficiais são o inglês e o tagalog (filipino).
História
Em 1898, começou a Guerra Hispano-Americana, que durou quatro meses, devido à opressão espanhola em Cuba. Uma esquadra norte-americana destruiu a frota espanhola na baía de Manila. Ocuparam o território com a ajuda dos filipinos, uma vez que já se encontravam em estado de revolta contra o Governo espanhol. Os EUA "compraram" as ilhas à Espanha por 20 milhões de dólares. As agitações nacionalistas iniciaram-se e, em 1936, foi formada a Comunidade das Filipinas (de transição semi-independente). Na Segunda Guerra Mundial, o país lutou ao lado dos norte-americanos contra os japoneses e, em 1946, conquistou a independência.
Em 1965, Ferdinando Marcos foi o primeiro presidente eleito e, em 1972, declarou a lei marcial. Em 1981, o presidente pôs fim à lei marcial mas continuou à frente de um regime ditatorial. O assassinato do líder da oposição Benigno Aquino, em 1983, foi decisivo para a revolta que derrubou Ferdinando Marcos do Poder em 1986. A viúva de Benigno, Corazón Aquino, tornou-se presidente do país nesse mesmo ano, instituindo a democracia. Durante esse período, várias fações do exército e a guerrilha comunista tentaram cinco golpes de Estado. Em 1992, as eleições livres deram a presidência a Fidel Ramos que governou até 1998 com o Congresso e com duas assembleias: o Senado e a Câmara de Representantes. Após a presidência de Joseph Estrada, considerado pouco competente, em 2001 foi eleita presidente Gloria Macapagal Arroyo. Como hábil economista que é, criou no povo grandes expectativas que gradualmente estão a diminuir.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Filipinas na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-05-20 09:37:49]. Disponível em
Artigos
ver+

Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros