Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

flamenco

O flamenco, na forma como é hoje entendido, é um tipo de manisfestação artística e começou a delinear-se nos finais do século XVIII, tendo nos períodos anteriores feito a sua gestação em círculos ciganos, restritos e marginalizados, do Sul da Andaluzia. Evoluiu sempre num clima de semiclandestinidade até ao século XIX, quando começou a aparecer em público, nos primeiros cafés-cantantes ou cafés flamencos e depois nos teatros, onde uma das suas formas era a ópera flamenga. Na origem do flamenco estão as múltiplas influências e diferentes heranças culturais presentes no povo andaluz: salmodias gregas e hindus, cânticos gregorianos, melodias persas, jarchas moçárabes, endechas judias, tonadas mouriscas, romances castelhanos, sons africanos... Esta mescla, juntamente com os sons autóctones andaluzes, deu origem a uma nova estrutura musical de inesgotável riqueza que se exprime pela guitarra, pela voz - o cante jondo ou profundo - e pelo baile. No seu ritmo, são indissociáveis a percussão das palmas, os "pitos" - estalar de dedos - e o sapateado do baile flamenco. O flamenco é assim considerado uma atitude, um comportamento e até uma forma de vida. Nasceu do talento musical da comunidade cigana, a mais perseguida da História, originária do Norte da Índia, que a partir de 1440 se misturou com as outras comunidades marginalizadas, como a judia, a muçulmana e a moçárabe. O nomadismo e a vida difícil resultaram num lamento rebelde, provocador e envolvente, cheio de orgulho e solidão, mas sobrevivente. Vive da tradição oral e surge cada dia renovado pelo "duende", a inspiração emocional do seu intérprete. Hoje, o flamenco profissionalizou-se e se por um lado mantém as suas raízes, por outro evoluiu para formas híbridas de fusão, o "novo flamenco", com influências de jazz, pop, salsa e rock, interpretadas também por instrumentos não tradicionais.
Exibição de flamenco
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – flamenco na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-02 18:22:01]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros