Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Guerra dos Sete Anos

Guerra ocorrida entre 1756-1763 entre a Inglaterra e a Prússia contra a França e a Áustria, para além de outros aliados, originada pela rivalidade colonial e económica anglo-francesa.

A Inglaterra tomou a iniciativa quando capturou trezentos navios franceses sem declarar guerra, e de seguida, com o Acordo de Westminster, pelo qual consegue o apoio militar de Frederico II da Prússia. A França, por seu lado, com o Tratado de Versalhes obtém a promessa de aliança de Maria Teresa de Áustria. Enquanto nas colónias americanas e da Índia os sucessos pertencem aos Ingleses, e apesar da tentativa do "Pacto de Família" com os Bourbons de Espanha, na Europa, numa fase inicial, a aliança franco-austríaca é bem sucedida, contando com a ajuda de os príncipes alsacianos, da Suécia e da Rússia. No entanto, Frederico II inverte a situação quando derrota os primeiros em Leuthen e os segundos em Rossbach.

Em 1758, é a vez dos russos vencerem a Prússia em Kurergdorf. Todavia, a subida ao trono de Paulo III, que nutria grande admiração pela Prússia, leva-o a assinar um armistício, ficando Frederico II livre da frente oriental, levando os franceses e austríacos a assinarem a paz (Tratado de Paris). No acordo firmado, a França perde a favor dos ingleses o Canadá e parte da Luisiana, algumas Antilhas e feitorias do Senegal; a favor de Espanha, para compensá-la dos prejuízos advindos da guerra, o resto da Louisiana e Nova Orleans, enquanto na Índia perdia toda a influência. A Áustria, por seu turno, cedeu definitivamente a Silésia à Prússia.

Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Guerra dos Sete Anos na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-04 13:39:01]. Disponível em
Artigos
ver+

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros