Academia Virtual - O Poder da Voz

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

hegemonia

Com origem na palavra grega hegemon, que significa dirigente ou chefe, o termo hegemonia foi conotado com um tipo especial de marxismo que era defendido pelo italiano António Gramsci. A partir das ideias defendidas por Marx, segundo as quais as ideias dominantes numa sociedade são as ideias da classe dominante, Gramsci fez uma análise da sociedade capitalista em que a hegemonia burguesa estende a sua influência à mente e às atitudes das pessoas no exercício do controlo político e económico da sociedade. As teorias marxistas defendiam que a consciência não podia estar separada da existência material já que o ser humano era um produto do meio, ou seja, da sua forma de vida, do seu trabalho e da sua classe social. Todos estes fatores seriam determinantes para a elaboração de uma consciência geral que era conduzida a interpretar a vida de uma certa forma e a aceitá-la como legítima. Segundo Marx, mesmo as classes trabalhadoras aceitavam essa "consciência" como correta apesar de esta ir de encontro aos seus reais interesses.
Louis Althusser foi um dos filósofos a tentar definir os mecanismos de criação e transmissão, de geração em geração, do senso comum ao sugerir a existência de um aparelho ideológico do Estado, através do qual a classe dominante disseminaria as suas ideias-versões da realidade, as ideologias, em seu benefício próprio. Instituições como a Escola, a Igreja ou os meios de comunicação eram as ferramentas utilizadas para construir e difundir uma determinada versão da realidade. Ao aceitar esta "realidade" na sua consciência, o cidadão comum estaria a ser usado e explorado, sem ter verdadeira consciência do facto. Este controlo sub-reptício e inapercebido não é por isso questionado, mas tem de ser mantido através de uma ação constante. No âmbito da antropologia e da etnologia, a hegemonia é uma forma de criar e manter preconceitos relativamente a grupos étnicos africanos, asiáticos ou latinos que passam a fazer parte do senso comum. Segundo Gramsci, por exemplo, o racismo não é um conceito exclusivo de sociedades de extrema-direita fazendo antes parte do pensamento social das sociedades democráticas ocidentais.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – hegemonia na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-10-04 15:02:17]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais