Livros e Autores

Abelhas Cinzentas

Andrei Kurkov

A aldeia das almas desaparecidas

Richard Zimler

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Bom português

puder ou poder?

ver mais

trás ou traz?

ver mais

impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Henry Fonda

Ator de teatro e de cinema norte-americano nascido em 16 de maio de 1905, em Grand Island, e falecido em 12 de agosto de 1982, em Los Angeles. Descendente duma família de holandeses, frequentou o curso de Jornalismo, mas desistiu para trabalhar como paquete. Apaixonado pela interpretação, começou por fazer teatro amador no grupo Omaha Community Playhouse. Em 1928, tornou-se ator profissional, ingressando na companhia University Players Guild, onde foi colega de Margaret Sullavan (sua futura esposa) e James Stewart, de quem foi grande amigo. No ano seguinte, chegou à Broadway, onde ganhou destaque com a peça The Game of Life and Death (1929). Estreou-se cinematograficamente com a comédia The Farmer Takes a Wife (A Mulher do Camponês, 1935). O seu primeiro filme de nomeada foi Jezebel (Jezebel, a Insubmissa, 1938), onde trabalhou ao lado de Bette Davis, seguindo-se uma enérgica personificação de Abraham Lincoln em Young Mr. Lincoln (A Grande Esperança, 1939), de John Ford. Mas o filme que tornou Fonda uma estrela a nível internacional foi The Grapes of Wrath (As Vinhas da Ira, 1940), baseado no romance homónimo de John Steinbeck. O seu formidável retrato de Tom Joad que viaja para a Califórnia com a sua família para fugir aos efeitos da Grande Depressão e ao espetro da fome, mereceu-lhe uma merecida nomeação para o Óscar de Melhor Ator. Curiosamente, foi por insistência do próprio Steinbeck que Fonda ficou com o papel, visto que o produtor do filme, o poderoso Darryl Zanuck pretendia inicialmente Tyrone Power. As décadas de 40 e de 50 coincidiram com o auge de Fonda, devido a trabalhos de sucesso em My Darling Clementine (A Paixão dos Fortes, 1946), Fort Apache (Forte Apache, 1948), Mister Roberts (1955), War and Peace (Guerra e Paz, 1956) e Twelve Angry Men (Doze Homens em Fúria, 1957). A sua carreira entrou em decadência nos anos 60, tendo o ator optado por se dedicar mais ao teatro e televisão. Dos poucos filmes feitos durante este período, destaca-se apenas o western-spaghetti C'era Una Volta il West (Era Uma Vez no Oeste, 1968), onde, num papel atípico na sua carreira, desempenhou o papel de vilão. Na década seguinte, trabalhou sobretudo na Europa, participando em filmes de duvidosa qualidade. A exceção foi Fedora (O Segredo de Fedora, 1978) de Billy Wilder. Já septuagenário, a Academia mostrou-se sensível ao facto dum ator da sua grandeza nunca ter sido premiado a agraciou-o com um Óscar Honorífico. Curiosamente, Fonda quis provar que as suas qualidades interpretativas continuavam intactas e juntou-se a Katherine Hepburn e à sua filha Jane Fonda para protagonizar o melodrama On Golden Pond (A Casa do Lago, 1981). Aqui, arrancou uma inesquecível atuação como professor reformado em conflito interior com o seu envelhecimento e aterrorizado com a possibilidade de perder as suas faculdades mentais. Foi o seu último filme e foi uma despedida gloriosa com a atribuição do Óscar para Melhor Ator, suplantando uma concorrência de peso composta por Burt Lancaster, Paul Newman, Warren Beatty e Dudley Moore, tornando-se o intérprete mais idoso a vencer o Óscar na categoria de Melhor Ator Principal. Não recebeu o Óscar pessoalmente, visto que, na altura da cerimónia estava hospitalizado, lutando contra uma doença cardíaca, tendo falecido, poucos meses depois. É pai do ator Peter Fonda e avô de Bridget Fonda.
Cartaz de "The Grapes of Wrath" (As Vinhas da Ira), filme de John Ford, cujo protagonista é Henry Fonda
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Henry Fonda na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-11-28 12:30:35]. Disponível em
Artigos
ver+
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Henry Fonda na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-11-28 12:30:35]. Disponível em
Livros e Autores

Abelhas Cinzentas

Andrei Kurkov

A aldeia das almas desaparecidas

Richard Zimler

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Bom português

puder ou poder?

ver mais

trás ou traz?

ver mais

impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais