Livros & Autores

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Hórus

Era um deus egípcio retratado com uma cabeça de falcão num corpo de homem, representando a união de vários outros deuses associados ao céu, ao sol e ao poder régio. Tal sucedia porque existia no Egito pré-clássico uma grande quantidade de santuários e em cada um deles eram atribuídas características diferentes ao deus, que se convertia por vezes em crocodilo.
Já em textos nas pirâmides aparecem referências a este deus como sendo irmão de Osíris e de Set. Os deuses representados nos vasos canópicos, usados nos ritos fúnebres, eram seus filhos: Duamutef, Imset, Hapi e Kebechsenef.
Um deus falcão criador, chamado Harmerti ou Heru-ur, protetor de Letópolis, foi a primeira versão de Hórus, sendo filho de Nut e de Geb. Era-lhe dado o nome de Mekhenty-er-irty ou "aquele que não tem olhos" na Lua Nova porque ficava cego e quando voltava a ver era chamado de Khenty-irty ("o que tem olhos"). Os seus olhos representavam a Lua e o Sol e quando ficava cego era muito perigoso porque não distinguia os amigos dos inimigos, atacando indiscriminadamente.
Deus Hórus no Palácio de Hórus em Edfu, Egito
A forma de criança era das mais difundidas, tendo o nome de Har-pa-khered ou "Hórus a criança". Era ou filho de Hatmahit e Banebdjetet ou de Ísis e Osíris, sendo representado sentado numa folha de lótus, acompanhado pela sua mãe e com um dedo na boca. No Império Romano, onde teve muita aceitação, era representado a montar um carneiro ou um ganso.
Quando designado por Harsiesis, ou Har-sa-iset, era o "Hórus" que tinha nascido dos cadáveres de Ísis e Osíris.
Como deus-falcão da Lei aparecia com o nome de Chenti-irty e como Har-nedj-itef era o protetor de Osíris no Duat, o mundo subterrâneo.
Relacionado com o falcão aparecia também o protetor da cidade de Behdet, Behedti e a junção dos deuses Shu e Anhur resultou igualmente em Hórus.
Na cidade de Heliópolis (Cidade do Sol) o deus do Sol, Rá, juntou-se com Hórus e formaram uma divindade chamada Har-em-akhet ou "Hórus no horizonte", Ra-heru-akhety e Her-akhety (que significam "Hórus dos dois horizontes") ou Horakhety.
Com o nome de Harsomtus ou Har-mau era o protetor dos faraós do Egito, mas no terceiro milénio a. C. foi substituído pelo deus Set. No entanto este deus matou o seu irmão, sendo em seguida a história difundida e Set destituído em favor de Harsomtus.
A guerra entre os dois deuses durou oitenta anos, e é reflexo de lutas que aconteceram efetivamente. Harsomtus arrancou os testículos e uma perna de Set, que como vingança lhe tirou o olho esquerdo. Neith, deusa protetora dos reis nos combates, ajudou Harsomtus a ganhar a guerra. Este tornou-se assim senhor do Alto e do Baixo Egito.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Hórus na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-06-30 17:21:24]. Disponível em

Livros & Autores

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais