Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Ícaro

Revista fundada em Coimbra, em julho de 1919, por João Cabral do Nascimento, Vieira de Castro, Alfredo Brochado e Américo Cortez Pinto, dirigida por Ernesto Gonçalves, e que contou com a colaboração, além dos fundadores, de Eugénio de Castro, Teixeira de Pascoaes e António de Portucale (António de Sousa). O n.° 1 explica que o título da publicação se funda na analogia entre o mito de Ícaro e a ansiedade dos que pela arte tentam "ascender em Beleza, em Perfeição e Orgulho": "Cantando em versos de uma académica suavidade, nós seguimos as suas máximas [do voo icárico] e o nosso desejo de revelar, de anunciar novas formas de Sonho e de Beleza, continua a antiga ânsia imperfeita e humana [...] dentro de nós erram as saudades de uma vida maior, esplêndida e heroica". Publicação preenchida quase exclusivamente com uma criação literária, em poesia e prosa, devedora de uma estética finissecular de gosto decadentista, saudosista e neobarroco.
Capa da revista "Ícaro", fundada em Coimbra, em 1919
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Ícaro na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-09-25 07:10:32]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais