Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Igreja de Santa Maria Maior

A Igreja Matriz de Chaves, dedicada a Santa Maria Maior, remonta ao tempo da formação da Nacionalidade, mas viria a sofrer grandes mutações no século XVI, sob o pano de fundo da estética renascentista. No solo dela estão sepultados os irmãos Rui e Garcia Lopes, cavaleiros que alcançaram a conquista definitiva de Chaves aos Mouros em 1160.
A fachada, desornamentada, possui torre sineira coberta por coruchéu piramidal e rasgada por dois arcos de volta perfeita. Sob esta conservou-se o original portal românico de arquivolta dupla e delimitada por molduras boleadas, com ornatos fitomórficos esculpidos. As duas arquivoltas assentam em quatro colunelos sobrepujados por capitéis esculpidos. O tímpano, liso, é já alvo de reconstrução posterior. Ladeando este portal, na fachada norte rasga-se um outro, renascença, de elegantes e harmoniosas proporções, testemunha indelével dos novos ecos da estética italianizante.
Este é enquadrado por duas pilastras assentes em base de secção retangular moldurada, rematadas por capitéis vegetalistas. No corpo das pilastras encontra-se decoração de grotescos e elementos fitomórficos. O entablamento, com friso de enrolamentos vegetalistas, é enquadrado por duas carrancas e sobrepujado por cornija rematada por frontão triangular. De destacar os bustos de S. Pedro e de S. Paulo, em alto-relevo, no tímpano do portal, enquadrado por arco pleno.
Portal românico e torre sineira da Igreja de Santa Maria Maior, em Chaves
A abside, poligonal, apresenta os seus ângulos apoiados por possantes contrafortes. Numa das suas paredes (nascente), no alto de um nicho escavado, repousa uma das mais antigas esculturas portuguesas - a padroeira Santa Maria Maior -, sobrepujada por duas gárgulas remanescentes do templo medieval.
O interior, pese embora a remodelação quinhentista, conserva um certo primitivismo indubitavelmente conferido pela rudeza da pedra. Possui três naves de cinco tramos divididas por quatro colunas cilíndricas, onde repousam os arcos de volta perfeita. A cobertura é de madeira, rasgada por clerestório de limitadas dimensões, exceto na capela-mor, coroada por abóbada pétrea polinervurada, delimitada por um arco triunfal apontado. Sobre o sacrário surge imagem de Cristo Crucificado. Ladeando a capela-mor encontram-se duas absidíolas, cuja iluminação se deve ao coroamento de lanternins.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Igreja de Santa Maria Maior na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-05-25 19:41:23]. Disponível em

Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros