Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Igreja do antigo Convento da Madre de Deus

Situada em Vinhó, Gouveia, no distrito da Guarda, a igreja do extinto Convento da Madre de Deus é a atual Igreja Matriz de Vinhó.
Em 1573, Francisco de Sousa e sua mulher fundaram o Convento de Freiras Clarissas, que dedicaram à Madre de Deus, na sua quinta em Vinhó. Ainda nesse ano e após a conclusão das obras, os fundadores entregaram, através de escritura, o convento a Frei Nicolau de Jesus.
No séc. XVIII, deu-se a extinção do convento que se encontrava já arruinado. Foi adquirido depois por uma família de Gouveia que procedeu à demolição do edifício, claustro e cerca, conservando apenas a igreja e parte de um edifício que viria mais tarde a funcionar como escola primária.
De construção maneirista, esta igreja apresenta uma planta retangular composta por elementos quinhentistas, como o portal em arco pleno ladeado por colunas compósitas, e elementos setecentistas, como é o caso do portal e do janelão em arco abatido, da talha retabular e do teto de caixotões.
No interior do altar-mor com um retábulo em talha dourada encontra-se o túmulo dos fundadores.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Igreja do antigo Convento da Madre de Deus na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-12 01:12:32]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais