Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Jason Robards

Ator norte-americano, Jason Nelson Robards Jr. nasceu a 26 de julho de 1922, em Chicago, e faleceu a 26 de dezembro de 2000, em Bridgeport. Estreou-se no teatro em 1947, fazendo uma carreira notável neste meio, que incluiu oito nomeações para os Tony e papéis absolutamente memoráveis em peças de Eugene O'Neill. No cinema, estreou-se em 1959 no filme de Anatole Litvak The Journey, conseguindo depois vencer dois Óscares de Melhor Ator Secundário - por All the President's Men (Os Homens do Presidente, 1976), de Alan J. Pakula; e por Julia (Júlia, 1977), de Fred Zinnemann - conseguindo outra nomeação na mesma categoria por Melvin and Howard (Melvin e Howard, 1980), de Jonathan Demme.
Entre os seus outros filmes, destacam-se Max Dugan Returns (O Regresso do Aventureiro, 1983), de Herbert Ross; Parenthood (Lar, Doce Lar… Às Vezes, 1989), de Ron Howard; Beloved (Amada, 1998), de Jonatahn Demme; ou Magnolia (1999), de Paul Thomas Anderson.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Jason Robards na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-20 03:54:03]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros