Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jean de Léry

Missionário protestante francês nascido em 1534, em La Margelle, na região de Yonne, e falecido em 1613, em L'Isle, na Suíça. Durante a sua vida publicou duas obras sobre a sua estadia no Brasil e mais duas sobre Sancerre, em que descreve a história e cerco da cidade.
O jovem Jean de Léry embarca em 1556, como missionário para a recém-criada colónia francesa de Fort-Coligny, na baía de Guanabara, Rio de Janeiro, Brasil. Aqui, Nicolas Durand de Villegaignon fundara a França Antártica, mas como católico que era, não acolheu bem os missionários protestantes e expulsou-os da colónia. Após dois meses a viver na companhia dos índios Tupinambás, Jean de Léry e alguns dos seus companheiros decidiram regressar a França. Os que teimaram em ficar em Fort-Coligny acabaram por ser massacrados às ordens de Villegaignon.
A viagem de regresso foi atribulada e a chegada a solo francês não foi melhor. Sem suspeitarem de nada, os missionários levavam consigo uma carta, em que Villegaignon ordenava a prisão e execução imediata destes. Mas as autoridades francesas, igualmente protestantes, ignoraram a ordem.
Jean de Léry estava em Sancerre quando se deu o Massacre de São Bartolomeu, a 24 de agosto de 1572, em que os católicos perseguiram ferozmente os protestantes. O cerco à cidade foi prolongado e Léry ensinou aos seus companheiros alguns truques de sobrevivência que aprendera com os Tupinambás do Brasil. Desta experiência nasceram os seus dois livros: História Memorável do Cerco de Sancerre e História Memorável da Cidade de Sancerre publicados dois anos depois. Contudo, a fama de Léry enquanto escritor deve-se ao seu livro História de uma Viagem às Terras do Brasil, onde relata as experiências vividas e registadas no seu diário de bordo. Foi publicado somente em 1578 depois de vários contratempos. Viveu os seus últimos anos de vida como pastor em Genebra.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Jean de Léry na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-11 15:21:09]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais