Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

João dos Santos

Médico e psicanalista português, João dos Santos nasceu no ano de 1913. Foi um dos cofundadores da Sociedade Portuguesa de Psicanálise, juntamente com Pedro Luzes e Francisco Alvim.
Foi investigador em Psicologia Genética e considerado um suprassumo na área da psicopedagogia, possuindo muitos seguidores do seu trabalho e obra.
Pensador e homem de ação, o seu interesse científico e prático focou-se essencialmente na criança e nos seus problemas e perturbações em ensino especial.
Revolucionou os caminhos da psiquiatria infantil até então praticada em Portugal, baseada nos conhecimentos psicanalíticos aplicados à criança. Teve como preocupações básicas a compreensão do funcionamento mental infantil, a origem das suas perturbações, as formas de revelação dos sintomas e seu significado, visando não só a terapia compreensiva das crianças como também a prevenção das situações perturbadoras.
Foi notória a sua ação no campo da prevenção e da promoção da saúde mental infantil, tendo o seu nome ficado ligado à criação de diversas instituições particulares com carácter preventivo, das quais se salientam os centros psicopedagógicos da Voz do Operário e do Colégio Moderno, o Centro Helen Keller, a Associação Portuguesa de Surdos, o Instituto de Apoio à Criança, entre outros.
A partir de 1965, a sua experiência foi aplicada na primeira instituição portuguesa vocacionada para a saúde mental infantil - o Centro de Saúde Mental Infantil e Juvenil de Lisboa. Devem-se-lhe a sua organização, planificação e direção até 1982, altura em que se reformou.
De 1978 a 1982, regeu a cadeira de Psicologia Dinâmica da Faculdade de Psicologia da Universidade Clássica de Lisboa.
Foi agraciado, em 1984, com o grau de comendador da Ordem de Benemerência. Em 1985, a Universidade Técnica de Lisboa atribuiu-lhe o título de Doutor Honoris Causa. Faleceu em 1987.
Deixou uma obra escrita plena de sabedoria e de muita originalidade, da qual se destaca: A casa da praia - O psicanalista na escola, que trata da organização da neurose e seus sintomas infantis e onde se explica que a sua evolução é em parte condicionada pela neurose dos pais e pelas suas atitudes educativas, que são na sua maioria inconscientes; Se não sabe porque é que pergunta?; Eu agora quero-me ir embora, sobre crianças com problemas; Ensaios sobre a Educação I - A criança quem é e Ensaios sobre a Educação II - O falar das letras.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – João dos Santos na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-05-25 20:02:21]. Disponível em

Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais