Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

John Major

Nasceu em 1943, em Londres. O seu percurso pessoal teve um início invulgar para um político, uma vez que não frequentou a Universidade, tendo ingressado cedo no mundo do trabalho. Ainda assim, foi capaz de se afirmar no seio do Partido Conservador britânico, em larga medida graças à sua competência e à sua experiência no domínio económico.
Major conquistou assento na Câmara dos Comuns em 1979, ano em que Margaret Thatcher chegou ao poder. Em 1987 tornou-se secretário de Estado do Tesouro. Em 1989 a primeira-ministra Thatcher nomeou-o para o importante cargo de ministro dos Negócios Estrangeiros, posto que só ocuparia por três meses devido a uma remodelação ministerial que o viria a tornar ministro das Finanças (1989-1990). Entretanto, ia-se cada vez mais assumindo como figura de proa do Partido Conservador.
Quando, inesperadamente, Thatcher se demitiu do Governo, em novembro de 1990, Major ocupou o lugar de primeiro-ministro. Para alguns críticos, a sua posição nunca foi segura, estando em permanente risco de ser derrubado pelos resultados eleitorais. Porém, e contra a maior parte das expectativas, Major obteve em 1992 uma vitória preciosa sobre o Partido Trabalhista, vitória essa que lhe permitiu consolidar a sua posição. Mas as suas opções em matéria de política externa, no que concerne especificamente à integração europeia, têm desagradado a certos setores do seu próprio partido. Embora Major conseguisse condições especiais para o país aquando da assinatura do Tratado de Maastricht (direito de não adotar a moeda única europeia, de não participar na política comum das pescas, de manter reservas quanto à política externa e de defesa da União Europeia), têm sido notadas algumas divisões entre os deputados conservadores, que fragilizam a própria posição do líder no Parlamento.
Figura em cera de John Major, exposta no Museu Madame Tussaud, em Londres
O político britânico John Major
O desgaste do Partido Conservador e do seu líder revelou-se de forma concludente em 1 de maio de 1997, altura em que o Partido Trabalhista, sob a direção de Tony Blair, venceu as eleições gerais e chegou ao poder. Em consequência da derrota, Major abandonou a liderança do partido.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – John Major na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-04 06:20:16]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais