Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

< voltar
< 1 min

José Adolfo Coelho

Escritor e realizador de cinema português, nascido em 1899 e falecido em 1953, foi publicista, tradutor e autor de diversas obras de carácter histórico e social, além de numerosos livros de mistério. Estudou Medicina e teve uma intensa atividade jornalística e literária. Começou a trabalhar em cinema no Ministério da Agricultura, onde dirigiu inúmeros filmes de curta-metragem. Realizou a primeira longa-metragem da Lisboa Filmes, de cujo argumento foi também autor. Na sua filmografia, onde predomina o documentário, destacam-se Porto de Abrigo (1941), Uma Coisa sem Importância (1944), A Aldeia dos Rapazes da Rua (1947), Nuno Álvares, Herói e Santo (1947) e E Tudo a Água Levou (1952).
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – José Adolfo Coelho na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-13 15:49:51]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais