Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

José Augusto Vieira

Escritor da segunda metade do século XIX, nascido a 13 de julho de 1856, em Valença do Minho, e falecido a 13 de julho de 1890, no Porto. Na sua curta carreira, foi autor de contos e de um romance, A Divorciada, onde pretendeu aplicar de forma ortodoxa a estética naturalista, particularmente o experimentalismo fisiologista, e colaborador em periódicos como a Revista de Estudos Livres, a Folha Nova e a Era Nova. Foi colega de Sampaio Bruno no liceu e, como ele, leitor de Proudhon, Michelet e Büchner. Frequentou a Escola Médico-Cirúrgica do Porto e prestou serviço como cirurgião da Guarda-Fiscal. Num artigo consagrado ao volume de poesias Lira íntima, de Joaquim de Araújo, teorizou sobre a poesia moderna, condenando o "subjetivismo estéril" e defendendo a participação da poesia na "convergência dos espíritos para o aperfeiçoamento" social.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – José Augusto Vieira na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-05-25 20:43:27]. Disponível em

Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais