Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

José de Guimarães

Escultor e pintor, José Maria Fernandes Guimarães Marques nasceu em 1939, em Guimarães. Formou-se em Engenharia na Academia Militar, mas em 1987 passou a dedicar-se exclusivamente à atividade artística, após estudos em cursos livres de pintura e gravura. Viveu durante sete anos em Angola (1967-74), onde estudou etnografia e arte negra. A primeira incursão deste autor no campo das artes plásticas data de 1960. Estudou técnicas de impressão e fabrico de papel, importante formação que desenvolve nas suas gravuras.
Encontrou reconhecimento com a série de pinturas D'aprés Rubens, apresentada na Bélgica. A produção artística deste período é fértil em citações de obras conhecidas da História da Arte, embora imbuídas de um sentido lúdico e elementar, de grande poder de comunicação.
Desde 1989 verifica-se uma tendência para a simplificação, na procura da valorização plástica das qualidades materiais das superfícies, pontuadas por alguns elementos gráficos.
Foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian em 1976 e 1977. Frequentou o curso de holografia no Royal Smith College da Universidade de Londres.
Desde 1960, participa em exposições individuais e coletivas, em Portugal e no estrangeiro (Espanha, França, Bélgica e Itália).
Em 1999 foi o autor da escultura "Adamastor", encomendada para celebrar o Festival dos Oceanos no Parque das Nações.
Recebeu, entre outras distinções, a medalha de bronze do prémio europeu de pintura da cidade de Oostende, em 1976, o Prémio da Fundação Calouste Gulbenkian em 1984 e o 1.o prémio na Bienal de Barcelona em 1986.
Em julho de 2001, na Cordoaria, em Lisboa, foi realizada uma retrospetiva dos quarenta anos da sua vida artística (1960-2001).
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – José de Guimarães na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-02 00:35:39]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros