Academia Virtual - O Poder da Voz

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

< voltar
< 1 min

José Fonseca e Costa

Cineasta português nascido em 1933, em Angola. Preso político antes do 25 de abril, foi assistente-estagiário do realizador italiano Antonioni em O Eclipse (1962). Iniciou a sua atividade como assistente de realização de Manuel Faria de Almeida e foi um dos autores do livro A realização cinematográfica. Fundador do Centro Português de Cinema e da UNIFILME, recebeu em 1969 o Prémio da Imprensa pela curta-metragem A Cidade. Dedicou-se à publicidade e foi crítico de cinema nas revistas Imagem e Seara Nova. Entre as suas longas-metragens destacam-se Os Demónios de Alcácer Quibir (1977), Kilas, o Mau da Fita (1980), Balada da Praia dos Cães (1986) e Cinco Dias, Cinco Noites (1996).
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – José Fonseca e Costa na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-10-05 04:23:09]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais