Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Kwando Kuvango

Província do Sudeste de Angola, cuja capital é a cidade de Menongue. Confinada pela Zâmbia (a este), pela Namíbia (a sudeste) e pelas províncias angolanas de Moxico (a nordeste), Bié (a norte), Cucnene e Huíla (a oeste), a província de Kwando Kuvando (ou Cuando Cubango ou Kuando Kubango) tem uma superfície de 199 049 km2 (a segunda maior do país) e uma população estimada em 135 000 habitantes (2004), sendo uma das mais pequenas do país em densidade populacional.
Nos finais do século XIX, a região foi explorada por Silva Porto e Serpa Pinto, mas os Portugueses, intensificaram a sua colonização apenas no início do século XX. A capital Menongue, antigamente Serpa Pinto (em homenagem ao explorador português), situa-se a 1360 metros de altitude e tem ligação ferroviária com o litoral e o porto de Namibe.
A província de Cuando Cubango, também conhecida por "terras do fim do mundo", encontra-se numa superfície planáltica (abaixo dos 1500 metros de altitude), e grande parte da sua superfície é seca e pouco fértil, dado o clima subtropical. Junto às bacias hidrográficas dos rios Cubango e Cuíto, a fertilidade da região aumenta.
A atividade económica relevante é a pecuária com a criação de gado bovino, caprino e ovino. Quanto à agricultura, produz-se essencialmente algodão, massambala, massanfo, milho, tabaco, feijão, mandioca e soja. O setor madeireiro é constituído por espécies de grande valor comercial embora as serrações estejam praticamente inoperantes devido à guerra civil. As principais riquezas minerais são o diamante, o ouro e o cobre, máterias-primas que existem em abundância na região; ainda não foram exploradas.
Durante a guerra colonial e civil, a maioria da população refugiou-se nos países vizinhos. A partir de 2002, tem-se verificado um progressivo retorno das populações, que depende, em parte, das verbas económicas e das condições de realojamento. O governo provincial tem procurado reabilitar e melhorar não só as infraestruturas terrestres (é uma das províncias angolanas com mais minas terrestres implantadas), como também o abastecimento de água e de energia e ainda as redes escolares e de saúde. Em 2001, com o apoio da ADPP (Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo), foi lançado o projeto Escola Professores do Futuro, com a finalidade de proporcionar, aos estudantes, estágios pedagógicos, em escolas rurais.
O potencial turístico é enorme, pois a província de Cuando Cubango constitui uma autêntica reserva natural, donde se destacam várias espécies animais, como zebras, elefantes e cavalos.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Kwando Kuvango na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-04 06:43:10]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais