Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Lenda da Conversão dos Mouros de Trancoso

Omar, chefe guerreiro mouro, acabava de reconquistar Trancoso numa fúria destruidora que não poupava crianças, mulheres e velhos. Iberusa Leoa, uma cristã de bonitas feições, conseguiu refugiar-se numa gruta e tornou-se eremita.

Passados tempos, quando pensava já ter escapado das mãos dos sarracenos, foi capturada. Levada para o castelo, ficou refém para ser trocada por um sobrinho do alcaide que tinha sido feito prisioneiro pelos cristãos.

Guardada dia e noite por quatro mouros, Iberusa começou a falar-lhes do seu Deus cristão e da sua fé. Os mouros, renitentes a princípio, acabaram convertidos e resolveram fugir com Iberusa.

A cristã e os quatro mouros convertidos encontraram o exército de D. Afonso Henriques, que vinha libertar Trancoso, e foram imediatamente batizados.

Ficaram para sempre na memória do povo como os mouros convertidos de Trancoso.


Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Lenda da Conversão dos Mouros de Trancoso na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-05 04:22:35]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais