Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Lourinhã

Aspetos Geográficos
O concelho de Lourinhã, do distrito de Lisboa, localiza-se na Região Centro (NUT II) e no Oeste (NUT III). Encontra-se a cerca de 60 km a norte da capital. O concelho da Lourinhã faz parte da Região de Turismo do Oeste, no extremo Sul da designada Costa de Prata.
O concelho é limitado pelo concelho de Torres Vedras a sul, Bombarral a este, Peniche e Óbidos a norte e é banhado a oeste pelo Oceano Atlântico.
Brasão do concelho da Lourinhã
Moinho-de-vento no concelho da Lourinhã
Lourinhã ocupa uma área de 146,8 km2 (cerca de 20 km são constituídos por uma orla marítima), na qual se distribuem 11 freguesias: Atalaia, Lourinhã, Marteleira, Miragaia, Moita dos Ferreiros, Moledo, Reguengo Grande, Ribamar, Santa Bárbara, São Bartolomeu dos Galegos e Vimeiro.
Em 2005, o concelho apresentava 24 282 habitantes.
O natural ou habitante de Lourinhã denomina-se lourinhanense.
No extremo sul do concelho situa-se a povoação do Vimieiro onde existem umas termas. No litoral, das praias existentes, destaca-se a da Areia Branca.
História e Monumentos
Do vasto património arquitetónico existente no concelho destaca-se o Forte de Paimogo (século XVII), o Monumento da Batalha do Vimeiro (inaugurado em 21 de agosto de 1908), a Igreja de Santa Maria do Castelo (século XIV), a Igreja Matriz (século XIV), a Igreja da Misericórdia (século XVII) com uma porta manuelina, o Convento e a Igreja de Santo António (século XVII) e a Igreja de Nossa Senhora da Anunciação.
O museu municipal é outro lugar interessante para visitar.
Tradições, Lendas e Curiosidades
Realizam-se várias festas no concelho, como: Nossa Senhora da Guia (30 de agosto a 4 de setembro) na Atalaia; Nossa Senhora de Monserrate (4 a 8 de outubro) em Ribamar; S. Miguel (28 e 29 de setembro) em Vimeiro; Santa Ana (10 a 14 de agosto) em Miragaia; S. Domingos (10 a 16 de agosto) em Reguengo Grande; S. Sebastião (23 a 27 de agosto) na Marteleira; Santa Maria (1 a 4 de fevereiro) e Nossa Senhora de Fátima (13 de maio) em São Bartolomeu de Galegos, a Festa do Mar (26 de julho a 4 de agosto) em Santa Bárbara e a Festa dos Velhos (17 de novembro) na Atalaia.
O feriado municipal ocorre a 24 de junho.
Também existem no concelho, e em atividade, algumas bandas musicais e alguns ranchos folclóricos que alegram e animam as diversas festas.
No artesanato destaca-se a pintura em madeira, barro, azulejo e cerâmica, a renda de bilros, os trabalhos em trapos, os tapetes de Arraiolos e a cestaria.
Economia
Uma das atividades económicas mais importantes no concelho é o turismo onde as termas e as praias atraem muitos visitantes. Ao mar associa-se a caça submarina, o windsurf, a pesca desportiva, os desportos aquáticos e os famosos pratos de peixe e marisco.
A agropecuária é outra atividade importante na economia, destacando-se as leguminosas, a vinha, os cereais, as frutas, a criação de porcos e frangos.
A indústria está muito ligada a atividades tradicionais, como a destilação de aguardentes, a produção de vinho, a moagem e o fabrico de tijolos e telhas.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Lourinhã na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-02 11:39:45]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros