Academia Virtual - O Poder da Voz

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Maçonaria

Sociedade secreta (atualmente algum desse secretismo já desapareceu), espécie de confraria laica, cuja doutrina tem como rótulo a fraternidade e a filantropia universais e que usa como símbolos os instrumentos do pedreiro e do arquiteto (o triângulo e o compasso). Surgida em Londres, no primeiro quartel do século XVIII, e que em breve se encontrava espalhada por toda a Europa. Depressa se fixou em grandes burgos como Paris, Roma, Berlim, Haia e Lisboa. Um dos ideais dos pedreiros-livres era a construção de uma ordem política nova, surgida da consciência burguesa e da filosofia das Luzes. Aliás, a interferência da Maçonaria na Revolução Francesa é hoje ponto assente, tendo ficado a dever-se à coincidência de objetivos e ideias.
A primeira loja maçónica portuguesa estabeleceu-se em Lisboa, em 1735, graças à ação de João Custon (francês) e de Jacques Mouton (suíço). Nove anos depois, os primeiros maçons portugueses foram condenados pela Inquisição. A perseguição às lojas maçónicas fez-se de forma mais ou menos declarada ao longo dos tempos. Em 1801 haveria cinco lojas em Lisboa pertencentes a indivíduos de classes abastadas e intelectuais, entre os quais se contavam alguns eclesiásticos. O ano de 1804 ficaria marcado pela eleição do primeiro grão-mestre português, Sebastião José de Sampaio e Melo Castro e Luzignano.
Na época das invasões francesas (1807-1810), existiam condições propícias ao engrossamento dos quadros maçónicos. À maçonaria estiveram então ligadas algumas personagens do liberalismo e do anti-clericalismo português, como Almeida Garrett, Gomes Freire de Andrade, Manuel Fernandes Tomás, Saldanha e o próprio D. Pedro, entre outros. Torna-se visível o contributo da ideologia maçónica para a instauração do liberalismo. Em 1821, é eleito grão-mestre João da Cunha Souto Maior, homem que havia pertencido ao núcleo portuense dos conspiradores liberais.
Londres, berço da maçonaria no final do século XVIII
A Maçonaria encontrou-se desde cedo associada também ao Republicanismo. Após um período de crise, em 1869 passa a existir um organismo central chamado Grande Oriente Lusitano Unido. Entre 1911 e 1926 a organização abarcava figuras de vulto como Costa Cabral, António Augusto de Aguiar, Elias Garcia, Bernardino Machado, António José de Almeida e Norton de Matos. Em 1935 foram proibidas as sociedades secretas pelo Estado Novo, o que constituiu um golpe difícil para a organização, embora se saiba que as atividades maçónicas não cessaram totalmente.
A Maçonaria divide-se em regular (que aceita a transcendência) e irregular (laicista). Em ambos os casos, o seu funcionamento interno é altamente ritualizado, dependente de símbolos e comportamentos rigorosamente estabelecidos e de feição iniciática. A hierarquia maçónica é constituída por três graus simbólicos: aprendiz, oficia ou companheiro, e mestre. Em algumas lojas, as mulheres são também admitidas (foi recentemente criada em Portugal, aliás, uma instituição maçónica feminina autónoma).
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Maçonaria na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-10-01 19:06:20]. Disponível em
Artigos
ver+
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Maçonaria na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-10-01 19:06:20]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais