Natal WOOK
Livros e Autores

Abelhas Cinzentas

Andrei Kurkov

A aldeia das almas desaparecidas

Richard Zimler

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

magnólia

Designação comum de plantas arbóreas ou arbustivas da família das Magnoliáceas, do género Magnolia, que se distribui por cerca de 200 espécies.
Entre as espécies cultivadas do género Magnolia encontra-se a magnólia Magnolia grandiflora, também vulgarmente conhecida por magnólia-de-flores-grandes ou magnólia-sempre-verde, uma árvore de folhas perenes, que pode atingir uma altura de 30 metros, com copa muito densa e arredondada ou cónica. A casca é cinzenta e lisa. Os ramos novos podem apresentar a cor alaranjada cobertos de pequenos pelos da cor da ferrugem.
As folhas são grandes, com comprimento, normalmente, compreendido entre os oito e os dezasseis centímetros, pecioladas, coriáceas, inteiras, elípticas a lanceoladas, de bordo liso ou ondulado, com a nervura central muito marcada e a parte superior com cor verde brilhante e a face inferior de cor pardo-ferro, mate. O pecíolo está coberto por uma pubescência ferruginosa que normalmente cai à medida que a folha amadurece.
Flor de magnólia
Flores e ramos de magnólia
As flores são hermafroditas, grandes, cuja largura pode atingir os 25 centímetros, e vistosas, eretas e solitárias no extremo dos ramos. O perianto possui três sépalas petaloides esverdeadas e número variável de pétalas, que pode atingir doze, grossas, brancas ou branco-creme e aromáticas. Os estames são muito numerosos, dispõem-se helicoidalmente com os filamentos engaixados nas anteras vermelhas. A floração ocorre no verão, entre os meses de junho a novembro. Os frutos, folículos, são castanhos, pubescentes contendo cada um uma semente de cor vermelha viva. O conjunto de folículos tem o aspeto de uma pinha ovoide, com um comprimento que oscila entre os cinco e dez centímetros.
A Magnolia grandiflora encontra-se, no estado natural, no Sudeste dos Estados Unidos da América, sendo cultivada na Europa.
A espécie Magnolia stellata (Sin. Magnolia kobus, variedade stellata), vulgarmente conhecida por magnólia-estrela, é uma planta arbustiva ou arbórea, que pode atingir cerca de 20 metros de altura e que, ao contrário da Magnolia grandiflora, é caducifólia, apresentando-se verde apenas no verão. As folhas são alternas, elípticas, com um comprimento que pode variar entre os seis e 18 centímetros, inteiras e acuminadas. As flores são hermafroditas, geralmente, de cor branca e podem atingir os 12 centímetros de largura. A floração ocorre entre os messes de abril e junho. Os frutos encontram-se em estróbilos com a forma de cotovelo, largos, e com um comprimento que pode atingir os 12 centímetros.
Ambas as espécies são plantas ornamentais, apreciadas na jardinagem pela elegância do seu porte e pelas vistosas flores que desprendem um cheiro muito agradável.
Entre as espécies existentes de magnólias podem ainda destacar-se a Magnolia acuminata (magnólia-azul), a Magnolia denudata (magnólia), a Magnolia liliiflora (magnólia-púrpura), a Magnolia officinalis (magnólia-das-boticas) e a Magnolia sieboldii (magnólia-da-China).
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – magnólia na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-12-06 11:03:54]. Disponível em
Livros e Autores

Abelhas Cinzentas

Andrei Kurkov

A aldeia das almas desaparecidas

Richard Zimler

A Intuição da Ilha

Pilar del Río