Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Maria Gabriel

Artista plástica portuguesa, Maria de Lourdes Soares Gabriel Rainha e Pereira nasceu em 1937, em Lisboa. Iniciou a sua atividade como pintora e gravadora em 1959 e teve a sua primeira exposição em 1962. Cinco anos depois, especializou-se na técnica do talhe-doce na gravura em madeira. Entre 1976 e 1978 estagiou em Hamburgo, aperfeiçoando a arte da gravura.
Como pintora, a sua obra começou a adquirir características pessoais relevantes a partir dos anos setenta. As suas pinturas de figuras geométricas e orgânicas confrontam-se em fundos lisos, como se fossem panos de fundo ou o palco de um teatro. Esta cenografia acentua a narrativa das figuras abstratas que se socorrem de signos da banda desenhada. Não é de admirar, portanto, que Maria Gabriel dedique uma grande parte da sua atividade à ilustração e arranjo gráfico da literatura para crianças. Esta faceta é transposta para a sua pintura, mais claramente a partir dos anos oitenta, altura em que a animação destas figuras é feita através de uma identificação de roupagens (calças de palhaço) ou de animais (normalmente pássaros), construindo figuras híbridas com cariz de fantoches. Mas apesar do brilho das roupagens teatrais e de um forte cromatismo, o hibridismo das personagens surge também como ambivalente, isto é, o pássaro vivíssimo é também espetro da morte. Nas palavras da crítica Cristina de Azevedo Tavares, "Ambivalência, neste caso, significa que as imagens que Maria Gabriel fabrica simulam um diálogo incessante e tautológico. Ao mesmo tempo é secreto, mas deixa-se comunicar nas linhas e nas cores. (...) a obra recente de Maria Gabriel, embora vivendo dessa ambivalência em que um personagem simultaneamente guerreiro e voyeur como é o pássaro se pode desdobrar em centauro (...)".
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Maria Gabriel na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-16 13:44:08]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros