Academia Virtual - O Poder da Voz

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Maria João Seixas

Apresentadora e entrevistadora de televisão, Maria João Seixas nasceu em Moçambique. Veio para Portugal para estudar Filosofia em Lisboa, curso no qual se viria a licenciar. No entanto, deixou para segundo plano o campo da filosofia e assumiu a direção do Departamento de Produção de Filmes para Emigrantes da Secretaria de Estado da Emigração.
Entre 1974 e 1976, foi secretária e adjunta do major Vítor Alves nos cargos que este ocupou em diversos governos provisórios no período pós-revolucionário. Mais tarde, foi também assessora de Maria de Lourdes Pintasilgo na Comissão da Condição Feminina.
Maria João Seixas ficou conhecida dos portugueses principalmente a partir de 1977, altura em que foi um dos cinco membros do júri do popular concurso televisivo da Radiotelevisão Portuguesa "A Visita da Cornélia" apresentado por Raul Solnado. A prestação de Maria João Seixas como elemento do júri foi bastante notada e valeu-lhe o convite para apresentar um programa seu na RTP. Assim, ficou responsável por "E Agora Maria?", a sua primeira experiência como autora e apresentadora de programas culturais. Apesar de ter um problema de gaguez, tal nunca impediu a apresentadora de fazer carreira na televisão, onde se impôs pelo seu profissionalismo e capacidade de comunicação.
Regularmente, manteve a ligação à televisão, sempre através da RTP, mas especialmente no segundo canal, mais vocacionado para temáticas culturais. Em 1994 e 1995 apresentou os programas "Quem Fala Assim..." e "Sempre aos Domingos" e, em 1999, "Olhos nos Olhos", onde se destacou o seu talento como entrevistadora e conversadora. Também colaborou na elaboração de documentários para o programa cultural da RTP 2 "Arte & Letras".
Já em finais da década de 90, Maria João Seixas assessorou ainda o primeiro-ministro socialista António Guterres em assuntos culturais, mas por pouco tempo, tendo optado mais uma vez por um regresso à televisão.
Maria João Seixas dedica-se também à escrita e à participação em atividades de apoio e incentivo à leitura.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Maria João Seixas na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-10-05 03:17:52]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Palavras raras, palavras caras

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais