Livros e Autores

Abelhas Cinzentas

Andrei Kurkov

A aldeia das almas desaparecidas

Richard Zimler

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Bom português

puder ou poder?

ver mais

trás ou traz?

ver mais

impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

< voltar
< 1 min

Mário

Romance subintitulado Episódios das lutas civis portuguesas de 1820-1834, concebido com o intuito de "lembrar o que a liberdade custou a muitos que de tal andam esquecidos e por isto não toleram a liberdade alheia". A obra documenta a transição da narrativa histórica para a narrativa de atualidade (tendência que se afirma na literatura portuguesa a partir de meados do século XIX), já pelos limites temporais que confinam a ação (1820, data da revolução liberal, e 1834, pouco depois da convenção de Évora Monte), simultaneamente afastados e próximos do momento da escrita, já pelas constantes oscilações entre o histórico e o atual, entre as perspetivas idealista e realista. Na composição da obra, que revela influências de Alexandre Herculano (na conceção da personagem do pároco de São Romão), de Camilo (no motivo dos amores trágicos) e de Arnaldo Gama (nas ideias antiabsolutistas), é de assinalar o modo como o plano dos acontecimentos históricos se harmoniza com o da intriga romanesca (os amores atribulados de Teresa e de Mário, defensor da liberdade, paradigma do herói romântico).
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Mário na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-11-27 19:02:38]. Disponível em
Livros e Autores

Abelhas Cinzentas

Andrei Kurkov

A aldeia das almas desaparecidas

Richard Zimler

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Bom português

puder ou poder?

ver mais

trás ou traz?

ver mais

impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais