Livros & Autores

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

mensagem

Termo da teoria da comunicação, saído das teorias da informação, que designa a informação produzida por um emissor e transmitida para um recetor segundo as regras de um código que é partilhado por ambos os intervenientes no esquema comunicativo.
Roman Jakobson (1963, Essais de Linguistique Générale), linguista do Círculo Linguístico de Praga, elaborou um esquema funcionalista de comunicação linguística no qual a mensagem era situada na relação com os outros elementos da comunicação, como o destinador, o destinatário, o código, o contexto (ou referente) e o canal. Neste sentido, a mensagem é o lugar onde se manifesta a função poética da linguagem, sendo definida pela sua dimensão fonético-fonológica, prosódica, lexical, sintática e semântica. A codificação de uma mensagem obedece, neste esquema funcionalista, ao cumprimento de um objetivo comunicativo (a que corresponde uma determinada função linguística) que pode ser:
1) a expressão dos sentimentos do destinador (função emotiva),
2) a persuasão do destinatário (função apelativa),
3) o teste ao funcionamento do canal (função fática),
4) o teste ao mútuo entendimento do código por destinador e destinatário (função metalinguística),
5) a informação acerca das coordenadas do contexto (função referencial),
6) ou o do embelezamento da mensagem (função poética).
A noção de mensagem foi reanalisada e substituída pelo conceito de enunciado, à luz da teoria da enunciação que resultou das novas correntes da pragmática (O. Ducrot, K. Kerbrat-Orecchioni, etc.).
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – mensagem na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-06-29 05:37:10]. Disponível em

Livros & Autores

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros