Natal WOOK
Livros e Autores

Abelhas Cinzentas

Andrei Kurkov

A aldeia das almas desaparecidas

Richard Zimler

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

modernidade

Modernidade é algo que está inevitavelmente ligado a tudo aquilo que é recente e atual, é a expressão daquilo que é "moderno".
De um ponto de vista histórico, modernidade refere-se à história dos "Tempos Modernos", desde o Renascimento até à atualidade.
O termo modernidade designa, assim, não só uma época como também a perceção da humanidade indissociável à nossa filosofia e cultura europeia.
Segundo Husserl, modernidade refere-se à Europa e sua civilização e história, não só como espaço geográfico, mas com um "formato" moral e espiritual.
A modernidade surge no século XVI na Europa com o protestantismo e as grandes descobertas e ciências e culmina no século das Luzes. Num plano filosófico culmina com o racionalismo e o positivismo.
Em termos civilizacionais, a modernidade tem um carácter de conquista pelo Homem moderno, da sua autonomia e da vontade de inventar e criar técnicas novas, ou seja, projetos racionalistas que têm o seu auge com a filosofia cartesiana.
Nos nossos tempos, a modernidade associada a ideias de positivismo, otimismo e fé no progresso, inspira as maiores reservas e algumas críticas por parte de alguns filósofos contemporâneos de diversas correntes de pensamento.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – modernidade na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-12-09 19:51:44]. Disponível em
Livros e Autores

Abelhas Cinzentas

Andrei Kurkov

A aldeia das almas desaparecidas

Richard Zimler

A Intuição da Ilha

Pilar del Río