Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

Nicholas Ray

Realizador norte-americano, Raymond Nicholas Kienzle nasceu a 7 de agosto de 1911, na pequena cidade americana de Galesville. Estudou Arquitetura em Nova Iorque. Depois de trabalhar alguns anos como encenador de teatro ao lado de Elia Kazan, é convidado pelo ator John Houseman para dirigir o filme They Live by Night (Os Filhos da Noite, 1949), um film noir sobre dois apaixonados em fuga. Dirigiu Humphrey Bogart em In a Lonely Place (Matar ou Não Matar, 1950), uma história sobre um argumentista de Hollywood em rumo de auto-destruição, acusado de homicídio. O seu estilo visual inovador repetiu-se em On Dangerous Ground (Cega Paixão, 1951), um filme policial com Robert Ryan e Ida Lupino sobre um detetive que se apaixona por uma rapariga cega, irmã de um suspeito de assassínio. Em seguida, realiza um dos westerns mais emblemáticos da história do cinema: Johnny Guitar (1954) com Joan Crawford, Sterling Hayden, Mercedes McCambridge e Ernest Borgnine, uma história de rivalidade entre duas mulheres. A sua obra-prima foi Rebel Without a Cause (Fúria de Viver, 1955), filme que elevou James Dean à categoria de ídolo da juventude, na pele de um adolescente alienado e em confronto com o Mundo. O argumento foi da autoria do próprio Ray e valeu-lhe uma nomeação para Óscar. Na senda dos filmes polémicos, Ray filmou o mundo da toxicodependência em Bigger Than Life (Atrás do Espelho, 1956) com James Mason e Walter Matthau. Cansado das superproduções de Hollywood, decidiu exercer a sua profissão na Europa: aí filmou a vida de Jesus Cristo em King of Kings (O Rei dos Reis, 1961) com atores como Jeffrey Hunter, Robert Ryan e Rip Torn. No seu filme seguinte, rodeou-se de um elenco de luxo: Charlton Heston, Ava Gardner, David Niven e Paul Lukas, para filmar 55 Days at Peking (55 Dias em Pequim, 1963), uma biografia da revolta boxer na China do início do século XX. Na década de 70, regressa a Nova Iorque para dar aulas de cinema. O seu último filme foi um documentário: Lightning Over Water (1979), realizado em parceria com Wim Wenders. Morreu a 16 de junho de 1979, em Nova Iorque, vítima de cancro.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Nicholas Ray na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-05-19 02:13:35]. Disponível em
Artigos
ver+

Livros & Autores

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Violeta

Isabel Allende

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros