Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

obscurantismo

Obscurantismo significa estado de quem se encontra na escuridão, de quem vive na ignorância. É, a nível social, político e cultural, o sistema que nega a instrução e o conhecimento às pessoas com a consequente ausência de progresso intelectual ou material.
Os Estados totalitários e as grandes religiões na luta pelo poder recorreram, muitas vezes, a práticas obscurantistas, sacrificando os povos e o progresso civilizacional. São muitos os exemplos que a História nos oferece e que levaram a perseguições e outros crimes para preservar o estado de ignorância e facilitar o poder das instituições. O fanatismo religioso ao longo dos tempos, a Inquisição, as guerras étnicas, diversas ditaduras e muitas outras práticas totalitárias são exemplo do obscurantismo.
A Idade Média, por exemplo, é definida por alguns historiadores como "idade das trevas", com o conhecimento detido pela Igreja. Os principais representantes do Renascimento afirmavam-se críticos do "obscurantismo" medieval, numa atitude de contestação à influência da religião na cultura e no pensamento ocidental.
Na obra "Felizmente Há Luar!", de Sttau Monteiro, é possível observar a crítica ao obscurantismo em Portugal no início do século XIX e perceber que o mesmo acontecia durante a ditadura do Estado Novo. O posicionamento das personagens e o título da obra dão conta das forças do obscurantismo que mantêm o povo na miséria e ignorância e utilizam, paradoxalmente, o lume (fonte de luz e de calor) para, na lógica dos governadores, "purificar a sociedade" (a Inquisição considerava a fogueira como fonte e forma de purificação).
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – obscurantismo na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-09-25 06:57:27]. Disponível em

Livros e Autores

A Intuição da Ilha

Pilar del Río

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros