Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Os Ferreiros de Penela

Muito perto de Penela existem dois montes elevados em forma de cone. Segundo a lenda, esses montes eram habitados por dois gigantes irmãos, Melo e Jerumelo, que eram ferreiros de profissão.

Cada qual vivia no seu monte e trabalhava na sua própria forja, mas possuíam apenas um martelo do qual se serviam alternadamente. A distância entre o topo dos dois montes era de cerca de dois quilómetros e os dois irmãos atiravam o martelo um ao outro quando dele precisavam.

Um dia, Jerumelo zangou-se com o irmão e atirou-lhe o malho com tanta força que este até se desconjuntou: a parte do ferro caiu pela encosta do monte Melo com tanta força que lhe fez brotar uma fonte de água férrea; o cabo de madeira de zambujo foi espetar-se na terra a dois quilómetros de distância, fazendo nascer um zambujo, que veio dar o nome à povoação de Zambujal.
.

Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Os Ferreiros de Penela na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-08-20 04:09:11]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais