Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros

País Basco

Vasta área que se estende pelo Norte de Espanha e Sudoeste de França, centrada no extremo ocidental dos Pirenéus. Integra, grosso modo, o departamento francês dos Pyrénées-Atlantiques e as províncias espanholas de Álava, Guipúzcoa e Biscaia. As cidades mais importantes que se integram nesta região são Baion, em França, e Bilbau, em Espanha.
Um forte espírito de independência e uma ausência total de identificação nacional relativamente aos países aos quais pertencem desencadearam movimentos separatistas clandestinos, cujo objetivo é a conquista de um Estado independente de Espanha e França. As suas formas de luta incluem numerosos atentados terroristas.
Euskadi significa País Basco (País Vasco, em espanhol) e corresponde à comunidade autónoma de Espanha que se localiza no Norte do país. Situa-se junto ao mar Cantábrico e faz fronteira com as comunidades de Cantábria, Castela e Leão, Rioja, Foral de Navarra e com a França. Tem uma superfície de quase 7 300 km2.
O relevo é montanhoso e muito encaixado, sendo esta uma área de transição entre os Montes Cantábricos e os Pirenéus. A região fica definida em duas áreas, a litoral e a do interior, que corresponde à depressão do rio Ebro. O clima é marítimo, com temperaturas suaves e precipitação abundante junto ao litoral. Nos "Montes Bascos" a precipitação é ainda mais abundante e as amplitudes térmicas relativamente elevadas. No Sul o clima é mediterrâneo com influências continentais, registando invernos rigorosos e verões secos. Os rios em geral são pouco extensos e muito caudalosos, possuindo vales encaixados. O litoral, com cerca de 200 km de extensão, de costa alta, escarpada e recortada, define cabos (Punta Galea), amplas praias (La Concha) e muitas rias que foram aproveitadas como portos naturais (porto de Bilbau). A população total ronda os 2 150 000 habitantes, registando-se uma densidade populacional superior à média espanhola. Mais de 50% da população vive em Vitória, capital de Álava.
Existem testemunhos de que a ocupação humana neste território remonta ao Paleolítico e as suas histórias aparecem em textos de Plínio,o Velho. Na Idade Média, o povo que vivia nesta região lutou contra os suevos e visigodos; no século VIII, aproveitando a ocupação árabe, expulsaram os seus inimigos visigodos. No século IX forma-se o reino de Pamplona. Em 1936, Euskadi consegue o seu primeiro estatuto de autonomia, que rapidamente desaparece com o início da repressão franquista. Atualmente, possui o estatuto de autonomia mais descentralizado de todas as regiões espanholas. A organização ETA (Euskadi Ta Askatasuna) desenvolve uma ação terrorista que tem por objetivo a plena independência de Euskadi. Os Bascos possuem traços culturais muito próprios que manifestam e mantêm vivos através do seu folclore e de um jogo característico designado pelota basca. A sua verdadeira identificação manifesta-se sobretudo ao nível da língua, de características muito próprias e sem qualquer parentesco com as línguas europeias.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – País Basco na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-04 06:41:56]. Disponível em
Artigos
ver+

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Jogo dos erros